Danilo avisa: 'Sabemos que podemos vencer o Cruz Azul'

Danilo avisa: 'Sabemos que podemos vencer o Cruz Azul'

726 visualizações 0 comentários Comunicar erro

No auge da carreira aos 32 anos, Danilo acumula a experiência de quem disputa pela quinta vez a Copa Libertadores da América. Um currículo de quem está habituado aos difíceis confrontos em países como Argentina, Uruguai, Paraguai e México, o mais distante do Brasil entre aqueles que fazem parte da rota competição e o destino do Corinthians para o duelo da próxima quarta-feira, contra o Cruz Azul, na Cidade do México. Se a situação é inédita para os mais jovens do elenco do Timão, como é o caso de Edenílson, que fez sua primeira partida na competição continental na semana passada, Danilo confessa que está mais do que acostumado.

'Já passei por isso várias vezes. Foram muitos jogos difíceis como esse. A viagem é longa, mas estamos descansados e bem treinados para superar isso sem muitos problemas. Também estudamos o adversário e, com nosso futebol, sabemos que podemos ir até lá e vencer. Esse é o pensamento', avaliou ao MARCA BRASIL o camisa 20, autor do primeiro gol na vitória coritiana sobre o Nacional-PAR na última quarta.

Tranquilo e consciente dos objetivos da equipe, o meio-campista espera que o duelo em território mexicano marque um importante capítulo da evolução corintiana em 2012. Segundo Danilo, chegou a hora de o time mostrar amadurecimento e objetividade, características fundamentais na Libertadores, mesmo jogando longe da Fiel torcida.

'Temos que pegar o jeito de jogar bem fora de casa. Acho que chegou a hora. A estreia contra o Táchira (na Venezuela) foi um aprendizado nesse sentido. Não podemos vacilar, sofrer um apagão e tomar gol bobo. E, ainda assim, não podemos demorar muito tempo para nos encontrarmos em campo', finalizou.

Do lado oposto está Edenílson que, aos 22 anos, poderá fazer seu primeiro jogo fora do País como titular do Timão. E se a expectativa é grande, o discurso é de pés no chão.

'Prefiro esperar para ver o que vai acontecer, mas vou trabalhar fortemente. Se o professor chamar estarei pronto', disse ele, que em seguida completou: 'Já deu para sentir no vestiário que o clima de Libertadores é realmente diferente'.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Lateral chegou à sede da Seleção Brasileira nesta segunda-feira

    Festa, cantoria e helicóptero: as horas que antecederam a apresentação de Fagner à Seleção

    ver detalhes
  • Domínio da Corinthians TV foi registrado por palmeirense

    Torcedor do Palmeiras registra domínio de site ligado ao Corinthians e tenta vender por R$ 98 mil

    ver detalhes
  • Henrique pode ser poupado diante do Internacional no Beira-Rio

    Corinthians define cronograma de retornos e poupados para jogos contra Millonarios e Internacional

    ver detalhes
  • Sub-20 faz clássico contra o São Paulo em final da Copa do Brasil

    Libertadores, Brasileirão e decisão no Sub-20: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes