Com time de pólo, Corinthians tenta expandir marca entre as elites

Com time de pólo, Corinthians tenta expandir marca entre as elites

Corinthians tem expandido sua marca para várias modalidades que antes não tinham espaço no clube. E para atrair as elites, o clube lançou no final do ano o projeto 'Corinthians Polo Team', equipe de polo a cavalo, um dos esportes preferidos das altas classes do país.

'Claro que o foco do Corinthians é sempre futebol, mas nossa torcida é muito ávida por consumir Corinthians', disse o vice-presidente do clube, Luís Paulo Rosenberg. 'No Brasil o polo ela é restrito à classe A. Com esse projeto nós fazemos duas coisas, damos mais oportunidade aos nossos torcedores de classe A ter mais prazer assistindo um jogo de polo e segundo que a gente contribui para a popularização do esporte no país', completou. O Corinthians tem boas equipes de natação e futsal, carros chefes das modalidades não profissionais dentro do Parque São Jorge.

Com investimento previsto de R$ 3,5 milhões por temporada, o Corinthians Polo Team terá licença de três anos para explorar a imagem do clube de Parque São Jorge com as receitas sendo divididas entre as duas partes. O time terá todas as partidas transmitidas pela TV Corinthians e também está em vias de finalizar a negociação com outra emissora esportiva da TV fechada. Já as receitas deverão partir da cota do patrocínio master da camisa, que se encontra em estágio avançado de negociações, e a arrecadação com a comercialização de produtos relacionados à nova equipe.

Felipe Rodrigues, jogador de polo, é o coordenador da equipe corintiana. 'É um orgulho para todos os polistas ter essa parceria. É um marco para o esporte, algo como antes e depois do Corinthians', disse. 'A equipe, que já nasce estruturada no mais alto nível de profissionalismo dentro da modalidade no País.

Os principais campeonatos da modalidade no país acontecem entre abril e outubro. A partir de 2013, o plano de Rodrigues é levar o Corinthians para disputar torneios internacionais. 'Nossa ideia teve como espelho outros tradicionais times populares de futebol, casos de Boca Juniors e Barcelona, que também tiveram a mesma iniciativa e formaram projetos semelhantes no polo', disse.

A principal contratação do time foi Calão Mello, treinador da seleção brasileira. Ele será jogador e manager do Corinthians. Na última semana, Mello participou de um jogo de polo com o príncipe Harry. O inglês fez visita ao Brasil. 'Sinto-me honrado pelo Corinthians ter depositado confiança em mim e possibilitar a execução de um grande trabalho. Será um grande desafio em minha vida desportiva comandar esse time dentro de campo e auxiliar sua diretoria nas decisões relacionadas ao esporte e à estruturação desse projeto visionário', disse Mello.

As informações são do IG

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Marciel e Jô despertam interesse de times brasileiro e alemão; Juninho, Scarpa e Tréllez podem chegar

    Mercado agitado! Veja quem pode deixar e reforçar o Corinthians no resumão do Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo pode voltar a jogar pelo Corinthians em 2018

    Resultado de enquete: torcida se posiciona sobre 'retorno' de Pablo ao Corinthians

    ver detalhes
  • Renato Bittar, empresário de Balbuena, com o zagueiro na porta do CT

    Empresário de Balbuena fala em três ofertas da Europa, mas faz ponderação sobre o zagueiro

    ver detalhes
  • Marcelo Hermes deve ser emprestado pelo Benfica em 2018; Corinthians de olho

    Protegido por R$ 175 milhões, lateral do Benfica é oferecido ao Corinthians para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes