Após boa atuação em clássico, Emerson 'cava' lugar no time titular

Após boa atuação em clássico, Emerson 'cava' lugar no time titular

927 visualizações 4 comentários Comunicar erro

Alex fez sua melhor partida no ano na quarta-feira, diante do Cruz Azul. No domingo não jogou, machucado. Por coerência de Tite, voltaria ao time do Corinthians no próximo jogo. Mas Emerson, que vem entrando durante as partidas e foi titular ontem, mostrou novamente que já merece ganhar a vaga com bela apresentação.

Destaque no título brasileiro do ano passado, o atacante saiu do time ao sentir uma lesão no púbis e também por estar "sem cabeça", vítima de investigação da Polícia Federal no Rio num esquema de compra e venda de carros importados.

Ontem, o camisa 11, ao sair de campo mais uma vez como um dos destaques, numa mostra de já não sentir mais a lesão, aproveitou para desabafar que a investigação também ficou para trás. Ou seja: está se credenciando para recuperar a posição, não importa na vaga de quem.

"É muito bom estar de bem com a vida", afirmou o jogador, ontem um terror para quem estivesse na sua frente pelo lado esquerdo do campo. Primeiro foi Cicinho que "sofreu" com os dribles e a velocidade do Sheik. Depois, improvisado, João Vítor não conseguiu dar conta do recado, abrindo espaço para a entrada de Artur, que não teve tanto trabalho. Mas teve.

"Dormindo com a cabeça tranquila, em paz, com a consciência limpa, tudo reflete aqui em campo. Se eu tivesse problemas extracampo não jogaria como estou jogando", desabafou o atacante, que ficará na expectativa para ver se encara o XV de Piracicaba desde o início na quarta-feira, novamente no Pacaembu.

Apesar de jurar que não, ele já faz "o trabalho" para recuperar a posição ao não poupar elogios ao chefe. "Eu canso de elogiar o técnico e não sou puxa saco, não preciso disso. Ele foi muito bem no intervalo, foi perfeito e arrumou o time de novo", disse.

Não mentiu, já que o treinador conseguiu arrumar a equipe, que não existiu na primeira etapa.

Emerson poderia ganhar a vaga de centroavante, mas já adiantou que não tem cacoete para atuar no lugar de Liedson. E não tem moral para isso. "Ele joga muito, é um dos melhores do País na posição e logo os gols voltarão", deu moral ao Levezinho.

Outro corintiano de bem com a vida é Paulinho. Com contrato renovado e a confiança do grupo, o volante reencontrou o caminho do bom futebol e dos gols importantes - já são três no ano. No domingo, ele empatou o clássico e novamente se destacou. "Tivemos maturidade, concentração, cabeça tranquila para voltar ao segundo tempo e mudar a história do jogo, buscar a virada", festejou.

Após boa atuação em clássico, Emerson 'cava' lugar no time titular

Fonte: Estadão

Enviado por: Genilson de Guarulhos

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes