Polícia prende seis torcedores envolvidos em briga na capital paulista

Polícia prende seis torcedores envolvidos em briga na capital paulista

Policiais da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) cumpriram seis mandados de prisão e de busca e apreensão nas sedes das torcidas organizadas da Gaviões da Fiel, na região do Bom Retiro, e na Mancha Alviverde, em Perdizes e Barra Funda, segundo o órgão.


Inicialmente, o Decradi tinha sete mandados de prisão, mas somente seis torcedores foram presos, suspeitos de envolvimento no duelo entre integrantes das organizadas no último domingo. A briga generalizada ocorreu na Avenida Inajar de Souza, na Freguesia do ?', zona norte de São Paulo.

Outras 11 pessoas, sendo nove torcedores da Mancha Alviverde e dois da Gaviões, foram levados para a sede da Decradi para prestar depoimentos, segundo a delegacia. Entre os objetos apreendidos durante a ação estão celulares, computadores, documentos e fotos, segundo a Decradi.

De acordo com a Secretaria de Segurança de Pública (SSP), os policiais também cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do irmão do estudante de engenharia civil, André Alves, de 21 anos, que morreu em decorrência de um tiro na cabeça durante o confronto.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes
  • Corinthianos foram presos por horas nas arquibancadas do Maracanã em 2016

    Impunidade após baderna flamenguista expõe exageros da polícia carioca contra Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes