Emerson Sheik revela obsessão de Tite com o Barcelona

Emerson Sheik revela obsessão de Tite com o Barcelona

10 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Tite dando instruções para Sheik

Tite dando instruções para Sheik

Qualquer semelhança não é mera coincidência. Um dia depois de o MARCA BRASIL mostrar que o aproveitamento do Corinthians de Tite está muito próximo do Barcelona de Guardiola, Emerson Sheik abriu o jogo para a reportagem e revelou os bastidores das conversas entre o técnico e os jogadores no dia a dia no CT Joaquim Grava.

Entre as revelações, a de que Tite sempre cita o time espanhol, considerado como o melhor do Mundo, em suas preleções, e pede que a equipe se inspire nos catalães para manter a posse de bola e a marcação solidária.

Sheik acredita que o caminho adotado pelo treinador alvinegro pode render bons frutos, caso seja seguido com cautela e consciência. Ele teme que a comparação desmereça e, ao mesmo tempo, enalteça demais sua equipe.
'Ter um aproveitamento alto como o do Barça (82% contra 76,1 do Timão) é o que o Tite vem buscando. Ele dá vários exemplos para a gente no dia a dia e o grupo comprou a ideia. Mas são duas realidades bem diferentes. Pelos menos estamos seguindo os bons exemplos. O time está consciente. A gente está no caminho certo, mas tem de cuidar para não se empolgar', disse Sheik ao MARCA BRASIL, feliz com seu atual momento em campo.

Se a comparação com o Barcelona em relação ao aproveitamento em 2012 é similar, o mesmo não pode ser dito quando o assunto é o número de gols feitos. Com 29 contra 62 do Barça, o Sheik não se incomoda com o baixo número. Porém, é claro, quer chegar ao rendimento médio de Messi & Cia.

'A gente vê equipes que fazem quatro gols, mas tomam cinco. Nosso objetivo é somar três pontos, até mesmo por meio gol de diferença. Três pontos dão titulo; três gols não', disse, ciente que a perfeição é algo próximo do Barcelona.

'Quem está 100% é somente o Barcelona. A gente está bem e preparado', disse, pronto para a reta final do Paulistão e Libertadores. 'Eu gosto de decisão, acho que é diferente, gosto de fazer gol em decisão, de jogar bem, são gols e jogos que ficam marcados na história', concluiu.

Reportagem de Daniel Carmona e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes