Levezinho aplaude a Fiel em agradecimento

Levezinho aplaude a Fiel em agradecimento

Levezinho vive caso de amor com a torcida do Corinthians

Levezinho vive caso de amor com a torcida do Corinthians

Foto: Divulgação

Gol do Corinthians. Paulinho é o autor, mas a torcida grita o nome de Liedson. Depois, Emerson Sheik sofre pênalti e o estádio inteiro clama pelo nome de quem? Liedson. Ele cobra, o goleiro defende e ele marca no rebote. Todos gritam de novo seu nome. Na sequência, o atacante perde um gol incrível e a torcida, mais uma vez, mostrou seu apoio ecoando sem parar seu nome.

'Fiquei bastante feliz, me emocionei com isso. É o reconhecimento da torcida. Não posso reclamar dela, pois o relacionamento tem sido fantástico. O carinho de ontem (quarta-feira) foi maravilhoso. O que posso fazer é retribuir com o meu trabalho', afirmou Liedson.

Agradecido pelo apoio dos torcedores, Levezinho bateu palmas para a Fiel e também ficou feliz em sentir o carinho do elenco inteiro, que festejou muito seu gol de pênalti. 'Na verdade, não foi de pênalti, foi de rebote (risos). Fiquei feliz de ter marcado. Bati o pênalti pela influência dos companheiros e da torcida. A comemoração foi maravilhosa. Mostrou que o grupo está unido', disse.

Apesar de ter feito seu gol após o pênalti, Liedson não quer mais saber de cobrá-los. A atitude foi apenas pelo placar elástico que já estava e pelo pedido de todos. O próprio camisa 9 reconhece que não sabe bater as penalidades. 'Não é que não goste, eu não sei mesmo (risos). Eu já estive algumas experiências em Portugal. Fiz alguns e perdi outros. Decidi não bater mais, eu prefiro que os gols saiam com a bola rolando', ressaltou.

Feliz pelo momento, que parece mudar a má fase com as redes, o atacante avisa que, a partir de agora, é um novo campeonato, tanto no Paulista como na Libertadores. 'É como se fosse começar tudo de novo. Futebol é engraçado. Se formos eliminados, nada do que passou valeu a pena. Vamos para uma coisa mais séria'.

Reportagem André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Em vídeo de bastidores, Sheik zoa rival do Corinthians: 'Chorar é coisa de bambi'

    Em vídeo de bastidores, Sheik zoa rival do Corinthians: 'Chorar é coisa de bambi'

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Vital foi inscrito no Paulista e, assim, já pode estrear

    Corinthians inscreve dupla de reforços no Campeonato Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes