Tite mantém indefinição sobre Júlio César no Corinthians

Tite mantém indefinição sobre Júlio César no Corinthians

São Pualo, SP, 24 (AFI) - As falhas do goleiro Júlio César e a derrota por 3 a 2 diante da Ponte Preta no último domingo, que culminou na eliminação da equipe no Campeonato Paulista, geraram um clima de instabilidade no Corinthians. E o primeiro a sofrer as consequências deste momento pode ser justamente Júlio César. Nesta terça-feira, o técnico Tite manteve a indefinição sobre a sequência do goleiro como titular da equipe.


'Agora estamos iniciando o trabalho, só vou falar (sobre a situação de Júlio César) depois de um trabalho tático. Não vou antecipar nada, deixa as coisas acontecerem normalmente', comentou. 'Falei domingo e repito. A chateação é do torcedor, minha e também do Júlio. Respeito muito este sentimento. Ele falhou em dois lances, mas não tira todo o passado e os títulos que teve no Corinthians', completou.

O certo é que Júlio César acumulou erros em diversos momentos decisivos com a camisa do Corinthians e passou a ser questionado pela torcida por causa disso. Na semana que vem, o time paulista inicia mais uma série de decisões, desta vez pela competição que é seu maior sonho, a Libertadores, e novas falhas do goleiro poderiam ser fatais para as ambições do clube.

Desta forma, Tite admitiu que os três goleiros corintianos estão em igualdade de condições na briga pela titularidade diante do Emelec, no próximo dia 2, no Equador, pela partida de ida das oitavas de final do torneio continental. 'Não tem nada decidido ainda. O Júlio pode jogar, assim como o Danilo Fernandes ou o Cássio', disse Tite. 'Ninguém é absoluto em lugar nenhum', completou.

Caso decida pela saída de Júlio César, o técnico garantiu que Danilo Fernandes e Cássio estão prontos para assumir a titularidade. 'Eles estão prontos, mas é uma situação hipotética. Temos 25 jogadores inscritos na Libertadores e todos têm de estar prontos. Sempre digo: 'Não vá reclamar quando a chance cair no colo, preparem-se', declarou.

Independentemente de qual será sua decisão, Tite garantiu que ela acontecerá por 'coerência'. 'Temos tempo para avaliações, há o respeito, não importa quem for escalado. Vocês têm acompanhado, sempre fui coerente, justo, senão seria meu filho de zagueiro e mais dez. Temos três grandes goleiros. O Danilo já passou por momentos e jogos importantes, está mais rodado, é um jogador frio e com qualidade técnica. O Cássio demorou para entrar em forma, mas participou bem. Os três geram confiança na equipe', afirmou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes
  • Kazim discutiu com torcedor do Corinthians durante aquecimento

    Kazim discute com torcedor na Arena Corinthians durante duelo contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes