Após eliminação no Paulista, sombra de Guardiola ameaça Tite na Libertadores

Após eliminação no Paulista, sombra de Guardiola ameaça Tite na Libertadores

2.6 mil visualizações 25 comentários Comunicar erro

O cerco está armado para Tite perder o sono. Com a eliminação precoce nas quartas de final do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, e o fantasma da fase final da Copa Libertadores se aproximando, o treinador ganhou um outro problema: Pep Guardiola está no mercado.

O técnico anunciou que vai deixar o Barcelona ao final da temporada europeia. Teoricamente, seu caminho é um clube europeu, mas o Corinthians e seu pesado investimento em marketing podem decidir investir na contratação do treinador.

Os balancetes do clube alvinegro em 2011 foram divulgados nesta quinta-feira (26) e, apesar de o Timão ter visto um aumento de seu endividamento, o futebol lucrou muito mais do que em 2010, ano do centenário, graças aos direitos de TV, que praticamente duplicaram de preço.

Álbum: Ring girl mais famosa do UFC posou nua; veja

Após quatro anos, Guardiola dá adeus ao Barça

Para o Corinthians, seria uma jogada de mestre apostar em uma contratação bombástica. Quando tentou trazer Carlos Tevez, no ano passado, o ex-presidente Andrés Sanchez já tinha dado sinais de que o clube não se preocuparia em gastar alto para poder fazer mídia e sucesso. A contratação de Guardiola seria perfeita nesse projeto.

Por isso, Tite precisa abrir o olho. A torcida fará muita pressão caso o time seja eliminado pelo Emelec, do Equador. E a diretoria pode ceder a essa pressão, ainda mais com um “filet mignon” como Guardiola livre por aí.

Álbum: veja a trajetória de Guardiola no Barça

Confira também

Leia mais notícias do Corinthians

Contratar Guardiola seria, para o Corinthians, uma grande oportunidade para o clube demonstrar o seu “projeto global” de poder disputar em igualdade de condições com as grandes potências mundiais, como os times da Espanha, Inglaterra e Itália.

Pelo menos os clubes espanhóis devem ficar de fora dessa briga. Isso porque o treinador não aceitaria treinar o rival do Barça, Real Madrid, nem ser rebaixado para um clube do segundo escalão, como Atlético de Madri, Valencia ou Sevilla.

Por enquanto, o Milan é um dos possíveis destinos do treinador. O ideal mesmo seria que Guardiola assumisse a seleção brasileira, mas se Mano Menezes conquistar o ouro na Olimpíada de Londres, certamente ficará até a Copa de 2014.

Fonte: http://esportes.r7.com/futebol

Enviado por: JoseNeto

Veja Mais:

  • Corinthians e São José se enfrentam na noite desta quarta-feira

    Fora de casa? Sem problema! Final da Liga Ouro tem transmissão na TV nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes
  • Maldonado atendeu a reportagem do Meu Timão no hotel na cidade de Atibaia

    Maldonado relembra estágio no Corinthians e cita três jogadores que gostaria de levar ao Colo-Colo

    ver detalhes
  • Eduardo Barroca é técnico do Sub-20 do Corinthians há pouco mais de duas semanas

    Novo técnico do Corinthians Sub-20 é convocado como auxiliar da Seleção Brasileira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes