Caixa investe 38,8 milhões em patrocínio de clubes e já cola no mineiro BMG

Caixa investe 38,8 milhões em patrocínio de clubes e já cola no mineiro BMG

A Caixa não está economizando para ver seu nome nos gramados. De cara, fechou acordo com quatro equipes, totalizando 38,8 milhões de reais — o banco BMG terminou 2012 gastando 40 milhões de reais com 25 clubes.

Boa parte do orçamento vai para o contrato com o Corinthians. Serão 30 milhões de reais até dezembro. Avaí e Figueirense entraram na conta com 1,2 milhão de reais cada. E o Atlético-PR, com 5,4 milhões. O marketing do banco ainda mira estados como Goiás, Bahia e Pernambuco.

O banco estatal segue a lógica do rival mineiro, que virou referência em patrocínio esportivo nos últimos quatro anos. Segundo a consultoria alemã Sport+Markt, o BMG saltou na lista de empresas lembradas por quem assiste futebol. Com o investimento, passou para o terceiro lugar — antes, não figurava nem entre as 90.

O “ataque” da Caixa contrasta com a retração dos investimentos do BMG. A empresa vem cortando patrocínios aos poucos. O banco não confirma oficialmente, mas a tendência é permanecer apenas com Atlético-MG, Cruzeiro e Santos em 2013.

Fonte: Placar

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes