Caixa investe 38,8 milhões em patrocínio de clubes e já cola no mineiro BMG

Caixa investe 38,8 milhões em patrocínio de clubes e já cola no mineiro BMG

A Caixa não está economizando para ver seu nome nos gramados. De cara, fechou acordo com quatro equipes, totalizando 38,8 milhões de reais — o banco BMG terminou 2012 gastando 40 milhões de reais com 25 clubes.

Boa parte do orçamento vai para o contrato com o Corinthians. Serão 30 milhões de reais até dezembro. Avaí e Figueirense entraram na conta com 1,2 milhão de reais cada. E o Atlético-PR, com 5,4 milhões. O marketing do banco ainda mira estados como Goiás, Bahia e Pernambuco.

O banco estatal segue a lógica do rival mineiro, que virou referência em patrocínio esportivo nos últimos quatro anos. Segundo a consultoria alemã Sport+Markt, o BMG saltou na lista de empresas lembradas por quem assiste futebol. Com o investimento, passou para o terceiro lugar — antes, não figurava nem entre as 90.

O “ataque” da Caixa contrasta com a retração dos investimentos do BMG. A empresa vem cortando patrocínios aos poucos. O banco não confirma oficialmente, mas a tendência é permanecer apenas com Atlético-MG, Cruzeiro e Santos em 2013.

Fonte: Placar

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes