Preço de ingresso do Estadual causa revolta e Gaviões vai à sede da FPF

Preço de ingresso do Estadual causa revolta e Gaviões vai à sede da FPF

A decisão da Federação Paulista de Futebol de obrigar os clubes da Série A1 a cobrarem R$ 40 como valor mínimo do ingresso no Estadual causou revolta dos torcedores, que se manifestaram na primeira rodada. Em Jundiaí, por exemplo, corintianos e fãs do Paulista levaram faixas de repúdio contra a decisão, que foi colocada no regulamento para que todos os clubes cumprissem. A arquibancada custou R$ 50 nesse jogo.

A Gaviões da Fiel foi além. Na madrugada desta segunda-feira, a maior torcida organizada do Corinthians levou três faixas para a sede da FPF, no bairro da Barra Funda, zona oeste da capital paulista. As três foram colocadas nas grades que separaram o suntuoso prédio da entidade da rua.
Em comunicado enviado à imprensa, a Gaviões diz que "estão querendo elitizar o futebol que sempre foi do povo e nós não iremos aceitar. O que queremos são preços justos e que todos consigam frequentar os estádios para assistirem o seu time jogar. Será que é pedir demais?", afirmou a organizada, que completou dizendo "E ainda temos que nos sujeitar a estádios sem o mínimo de infraestrutura, banheiros precários, sem opções de alimentação e segurança para esse tipo de evento. É lamentável o tratamento que se dá a nós torcedores, pois pagamos os ingressos e gostaríamos de mais respeito".
A decisão de protestar da Gaviões foi tomada mesmo após o Corinthians "resolver a questão" usando seu sistema de sócio-torcedor. Para minimizar o problema do valor para o torcedor alvinegro, a diretoria resolveu aumentar o desconto aos participantes do Fiel Torcedor, garantindo assim o preço do ano passado, na casa de R$ 18.

Fonte: www.lancenet.com.br

Veja Mais:

  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes
  • Jô, artilheiro do Corinthians na temporada com 15 gols, não balançou as redes nesta quarta-feira

    Fora de casa, líder Corinthians para na retranca do Avaí e volta a empatar no Brasileirão

    ver detalhes
  • Walter não garantiu permanência no Corinthians

    Walter não garante permanência no Corinthians: 'Estou aguardando'

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel não viveu boa noite na Ressacada

    Torcida do Corinthians escolhe árbitro e Marquinhos Gabriel como vilões por empate contra o Avaí

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes