Recém-contratado pelo Corinthians, o artilheiro Alemão resolveu falar um pouco

Recém-contratado pelo Corinthians, o artilheiro Alemão resolveu falar um pouco

Recém-contratado pelo Corinthians, o artilheiro Alemão resolveu falar um pouco de sua trajetória dentro do esporte, além de prometer conquistas para a torcida do timão.

De 2007 para cá, o jogador colecionou alegrias, títulos e prêmios individuais, o que faz com que o pivô tenha grandes esperanças para o futuro. Confira a entrevista integra.

Desde quando você está no futebol 7? Em quais times você atuou?

- Jogo desde 2007. Comecei na AABB Cantareira (2007 e 2008). Junção entre AABB e Dom Bosco (2009 a 2011). Palmeira (2012) e agora o Corinthians.

As coisas aconteceram da forma que você esperava dentro do esporte?

- Na verdade não esperava, pois quando recebi o convite para jogar, o esporte não tinha a mesma visibilidade que tem hoje. Vim do futebol de campo, era um mundo novo para minha pessoa. Não tinha toda essa seriedade que temos hoje. Não imaginava que conquistaria reconhecimento dentro do futebol 7 e que ganharia as competições mais importantes da modalidade: Paulista, Brasileiro de Seleções e Mundial de Seleções. Ainda mais ser eleito melhor jogador no Brasileiro de Seleções de 2011 e artilheiro do paulista pelo Unisantanna.

Com a Unisantana você conquistou o campeonato paulista, um dos mais disputados do país. Por que você acredita que com o Palmeiras foi diferente?

- Na verdade tivemos muitos problemas internos desde o início da competição. Os jogadores não se focaram da maneira correta e se tratando de uma competição tão disputada quanto o paulista, isso não poderia acontecer. Isso consequentemente afetou nosso desempenho no campeonato.

Faltou algo ao elenco do Palmeiras?

- Acho que faltou planejamento e uma melhor preparação por parte da equipe e atletas, pois qualidade tínhamos de sobra. Entretanto, planejamento é tudo atualmente no futebol 7.

Dizem que a idade vem pesando para alguns dos renomados atletas de São Paulo. Como você vê esse comentário?

- Existem sim alguns atletas com idade avançada. Tanto em SP, quanto no RJ, mas acho que esse não tem sido o problema principal. A falta de preparação tem sido o fator crucial para o baixo desempenho, além de lesões. Assim como toda modalidade existe uma renovação. No futebol 7 não será diferente. A tendência é surgirem atletas novos e os mais antigos perderem o espaço. É o normal de todo esporte.

Qual é a sua expectativa para a temporada?

- Estou muito otimista e confiante, pois estamos com um elenco muito forte. Uma mistura de experiência com juventude. Com atletas acostumados a ganhar títulos. Vamos com muita humildade, mas com o intuito de mostrar a força que tem o Corinthians e fazer o futebol 7 paulista voltar a ganhar os principais títulos.

Irá buscar a artilharia em 2013?

- Sim, mas tenho outras metas para esse ano. Pretendo brigar por todos os títulos que eu disputar e ajudar meus companheiros com meus gols.

Deixe um recado para o torcedor.

- Estou preparado para estreia. Esse ano promete muita coisa boa para a nação corintiana. Muitas jogadas bonitas, gols e é claro, muitos títulos. Você podem esperar muita garra, determinação e vitórias. Em todos os clubes que passei, sempre briguei por títulos e no Corinthians não será diferente.

Fonte: Jornal F7

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes