Bandeirantes negocia a compra da TV Corinthians

Bandeirantes negocia a compra da TV Corinthians

A Band, em parceria com a produtora brasileira NBC, está negociando a compra da TV Corinthians. O canal, que pertence atualmente ao Sport Clube Corinthians Paulista e à TV+, é inteiramente voltado para a cobertura das atividades do clube de futebol.

Lançada em março de 2011, a TV Corinthians está na grade de programação das operadoras de TV paga Telefônica, TVA e Vivo, e segue negociando vagas na Net e na SKY.

As conversas com a Band começaram no início do ano passado, mas ganharam força há poucos meses, quando a NBC entrou no negócio.
As partes estão analisando o contrato. Se fechado, Band e NBC ficarão com 50% da emissora, sendo, desses, 70% do Grupo Bandeirantes e 30% da produtora. Os outros 50% do canal continuam com o Corinthians.
Outro ponto importante da negociação é a busca por mais assinantes. A TV Corinthians vai tentar junto à Agência Nacional do Cinema (Ancine) ser classificada como canal de espaço qualificado.

Pela nova lei de TV paga, os canais que recebem esse selo se tornam praticamente obrigatórios nos pacotes das operadoras.

Procuradas, as partes envolvidas na negociação da TV Corinthians não quiseram comentar o assunto.

Fonte: Folha de São Paulo

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes