Cássio é corintiano mais pressionado na altitude boliviana

Cássio é corintiano mais pressionado na altitude boliviana

Cássio é corintiano mais pressionado na altitude boliviana

Cássio é corintiano mais pressionado na altitude boliviana

Pela primeira vez em sua história o Corinthians estreia na Libertadores sem  o peso de nunca ter vencido a competição. A pressão pelo bicampeonato é infinitamente menor do que era pelo título inédito.

Até os 3.700 metros de altitude de Oruro reduzem a cobrança por uma largada irretocável. Mas nem tanto para Cássio. Um dos heróis das conquistas em 2012, o goleiro é o único dos titulares que vai a campo com uma dose extra de pressão.

Ele não foi bem contra o Palmeiras. Recebeu críticas no segundo gol do rival. E como o tal do 'tempo de bola? é diferente na altitude, Cássio se torna automaticamente o mais ameaçado pelo jogo nas alturas, apesar de não ter que gastar tanto os pulmões como os colegas.

Além disso, será sua segunda partida na temporada. Normalmente, goleiros levam mais tempo para recuperar a forma depois das férias. E Cássio acaba de cuidar de de uma tendinite no ombro. Pelo menos em tese, é o corintiano para quem o San Jose mais pode fazer mal.

Imagem: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Empresário do meia Pedrinho acusa empresa de assédio sobre o jogador dentro do Corinthians

    Portal revela denúncia de empresário de meia da base contra empresa de Garcia

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes