Corintianos foram presos por portar sinalizadores iguais ao que matou jovem, diz jornal

Corintianos foram presos por portar sinalizadores iguais ao que matou jovem, diz jornal

Corintianos foram presos por portar sinalizadores iguais ao que matou jovem, diz jornal

Corintianos foram presos por portar sinalizadores iguais ao que matou jovem, diz jornal

Os torcedores do Corinthians que foram presos na Bolívia após a morte do jovem Kevin Beltrán Espada, 14 anos, que foi atingido no olho direito por um sinalizador lançado do local em que se encontrava a torcida visitante, estão detidos pela polícia boliviana por portarem objetos similares ao que matou Espada. A informação foi revelada por Abigaíl Saba, um dos responsáveis pela investigação do caso.

Em declarações ao jornal boliviano La Razión, são 12 os torcedores do Corinthians que foram retidos no país. 'Encontramos com essas pessoas objetos iguais ao que acertou o jovem. Assim, decidimos manter presas essas 12 pessoas para fins investigativos', afirmou Saba. Elas estão proibidas de deixar o país.

Segundo o investigador, o objeto que matou o jovem tem forma tubular cilíndrica, e acabou afetando o cérebro do rapaz, que morreu ainda no estádio. A autópsia está programada para 8h desta quinta-feira (horário de Brasília).

Os brasileiros detidos na Bolívia começaram a prestar depoimentos ainda na noite da última quarta-feira. Eles passaram a noite em celas da Força Especial de Luta Contra o Crime da Bolívia. Os interrogados afirmaram que não se tratou de um ato premeditado.

O caso teria causado uma comoção no estádio após o fim do jogo. Torcedores chegaram a cercar uma das saídas aos gritos de assassino, de acordo com relatos da rádioGlobo. Hector Rios, no entanto, disse que o restante da torcida brasileira conseguiu deixar o local sem incidentes.

Logo após a divulgação da tragédia, informações desencontradas deram conta de que um outro jovem, este de 24 anos, também estaria ferido.  A reportagem confirmou com o hospital boliviano, no entanto, que não há outra vítima do incidente.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes