Técnico do San José diz que torcedores são mais perigosos do que a altitude

Técnico do San José diz que torcedores são mais perigosos do que a altitude

Técnico do San José diz que torcedores do Corinthians são mais perigosos do que a altitude

Técnico do San José diz que torcedores do Corinthians são mais perigosos do que a altitude

O técnico do San José, Marcos Ferrufino, lamentou a morte do jovem Kevin Beltrán Estrada, de apenas 14 anos, e atacou o comportamento dos torcedores do Corinthians durante a partida contra o San José, pela Copa Libertadores, na última quarta-feira, em Oruro.

'Lamento muito o ocorrido. Isso demonstra que a altitude não mata e que os torcedores do Corinthians são mais perigosos. É a segunda vez que mostram isso, é uma pena isso e lamentamos o ocorrido?, disse Ferrufino após o empate por 1 a 1, segundo o jornal 'La Patria?.

O treinador boliviano ainda pediu justiça e espera que o responsável pela morte de Kevin, atingido no olho por um sinalizador.

Segundo a polícia boliviana, o artefato foi lançado da torcida do Corinthians e 12 torcedores que foram do Brasil para acompanhar o jogo acabaram detidos.

A polícia e o Ministério Público esperam tomar o depoimento de cada um dos detidos em até 24 horas e que até todos serem ouvidos, o grupo permanecerá preso na sede da Força Especial de Luta Contra o Crime.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes