Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Do UOL, em São Paulo

O inquérito policial que investiga a morte do torcedor garoto Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, durante o jogo entre San José e Corinthians, quarta-feira, em Oruro, aponta que dois dos 12 torcedores detidos foram os autores do disparo. Segundo o jornal La Patria, de Oruro, o documento da polícia local relata duas pessoas como responsáveis pela morte do jovem boliviano. Os nomes não foram divulgados.

Os outros 10 torcedores que estão presos na Bolívia devem responder à Justiça como 'cúmplices?. Eles foram detidos por portarem sinalizadores semelhantes ao que matou o menino Kevin, de apenas 14 anos.

Na última sexta-feira, o juiz Julio Huarachi aceitou a tese da promotoria e determinou a prisão preventiva dos 12 torcedores do Corinthians. A Justiça boliviana entendeu que os torcedores não devem ser liberados para responder em liberdade, pois há risco de fuga.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Seleção do Irã treinou no CT Joaquim Grava para a disputa da Copa do Mundo de 2014

    Técnico do Irã cita 'conexão' com o Corinthians como chave para classificação na Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Cássio será um dos 11 titulares neste domingo em Porto Alegre

    Corinthians encerra preparação contra o Grêmio; veja escalação

    ver detalhes
  • Estádio da cidade de Tunja sofreu invasão uma semana antes de jogo do Corinthians

    Invasores vandalizam gramado do estádio onde Corinthians joga pela Sul-Americana

    ver detalhes
  • Carille definiu os jogadores que irão a Porto Alegre

    Com meia recuperado, Carille divulga relacionados do Corinthians contra o Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes