Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

760 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo que matou torcedor boliviano

Do UOL, em São Paulo

O inquérito policial que investiga a morte do torcedor garoto Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, durante o jogo entre San José e Corinthians, quarta-feira, em Oruro, aponta que dois dos 12 torcedores detidos foram os autores do disparo. Segundo o jornal La Patria, de Oruro, o documento da polícia local relata duas pessoas como responsáveis pela morte do jovem boliviano. Os nomes não foram divulgados.

Os outros 10 torcedores que estão presos na Bolívia devem responder à Justiça como 'cúmplices?. Eles foram detidos por portarem sinalizadores semelhantes ao que matou o menino Kevin, de apenas 14 anos.

Na última sexta-feira, o juiz Julio Huarachi aceitou a tese da promotoria e determinou a prisão preventiva dos 12 torcedores do Corinthians. A Justiça boliviana entendeu que os torcedores não devem ser liberados para responder em liberdade, pois há risco de fuga.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Timão vai iniciar trajetória no Brasileirão Feminino em plena Arena Corinthians

    Mulherada na Arena, Copa do Brasil e decisões na base: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

    'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Goleada contra o Paraná isolou Corinthians na liderança do Brasileirão

    Corinthians termina segunda rodada isolado na liderança do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Clube lançou campanha contra o preconceito com o futebol feminino

    Corinthians Feminino estampa frases machistas na camisa em ação por patrocínios; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes