Corinthians poderá ter sua torcida de volta no próximo jogo

Corinthians poderá ter sua torcida de volta no próximo jogo

19 mil visualizações 97 comentários Comunicar erro

O Corinthians deve ter de volta a torcida em seus jogos na Libertadores. De acordo com uma fonte ligada à Conmebol ouvida pelo repórter Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes, o julgamento no Tribunal Disciplinar da entidade tem grandes chances acontecer na próxima semana. Além disso, a tendência seria de uma decisão favorável ao Timão, que poderia contar de novo com o apoio da Fiel no Pacaembu no jogo contra o Tijuana, na quarta rodada.

Para realizar o julgamento, a Conmebol estaria apenas aguardando a polícia boliviana enviar o inquérito sobre a morte do torcedor, atingido por sinalizador disparado do lado da torcida do Corinthians.

Pela medida cautelar da Conmebol, após a morte do boliviano Kevin Espada, o Corinthians fica impedido de contar com público em seus jogos como mandante até o julgamento ou no prazo máximo de 60 dias, a contar a partir da última quinta-feira, dia 21. O clube recorreu da primeira decisão, mas não teve o recurso acatado. Com isso, o time jogou sem torcida contra o Millonarios-COL - apesar de quatro pessoas, amparadas por liminares, conseguirem entrar no estádio. Agora o Timão tentará uma redução da pena.

Fonte: band

Veja Mais:

  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes
  • Corinthians tropeçou no Sport neste domingo

    Corinthians perde uma posição e vê 'perigoso concorrente' assumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Fábio Carille conversou com a imprensa sobre possível saída do Corinthians

    Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes