Corinthians poderá ter sua torcida de volta no próximo jogo

Corinthians poderá ter sua torcida de volta no próximo jogo

O Corinthians deve ter de volta a torcida em seus jogos na Libertadores. De acordo com uma fonte ligada à Conmebol ouvida pelo repórter Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes, o julgamento no Tribunal Disciplinar da entidade tem grandes chances acontecer na próxima semana. Além disso, a tendência seria de uma decisão favorável ao Timão, que poderia contar de novo com o apoio da Fiel no Pacaembu no jogo contra o Tijuana, na quarta rodada.

Para realizar o julgamento, a Conmebol estaria apenas aguardando a polícia boliviana enviar o inquérito sobre a morte do torcedor, atingido por sinalizador disparado do lado da torcida do Corinthians.

Pela medida cautelar da Conmebol, após a morte do boliviano Kevin Espada, o Corinthians fica impedido de contar com público em seus jogos como mandante até o julgamento ou no prazo máximo de 60 dias, a contar a partir da última quinta-feira, dia 21. O clube recorreu da primeira decisão, mas não teve o recurso acatado. Com isso, o time jogou sem torcida contra o Millonarios-COL - apesar de quatro pessoas, amparadas por liminares, conseguirem entrar no estádio. Agora o Timão tentará uma redução da pena.

Fonte: band

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes