Caixa diz que contrato com Corinthians é legal e vai recorrer contra ação que o suspendeu

Caixa diz que contrato com Corinthians é legal e vai recorrer contra ação que o suspendeu

A Caixa Econômica Federal afirmou que o contrato de patrocínio com o Corinthians é legal e afirmou que vai recorrer da decisão da Justiça do Rio Grande do Sul de suspendê-lo. O juiz da 6ª Vara do Rio grande do Sul, Altair Gregorio, travou o acordo com a alegação de que não seria pertinente o investimento em marketing pelo banco, que já tem benefícios como a loteria, além de esse negócio promover o desequilíbrio porque o investimento ocorre só no time alvinegro em São Paulo.

"A Caixa Econômica Federal reitera a legalidade do contrato de patrocínio ao Corinthians e informa que não foi intimada da decisão. Assim que tomar conhecimento da liminar, analisará seus termos e providenciará o recurso", afirmou a assessoria do banco.

Nesta quinta-feira, o advogado gaúcho Antonio Beiriz conseguiu que a 6ª Vara Federal de Porto Alegre lhe concedesse uma liminar que interrompe o pagamento da Caixa ao clube do Parque São Jorge. No total, o clube recebe R$ 30 milhões por ano para estampar o nome do banco em sua camisa.

“A Caixa não pode patrocinar o Corinthians. Pela Constituição, a publicidade de uma empresa pública deve ter caráter educativo e informativo. E isso não consta no acordo com o clube”, alegou Beiriz.

Além do Corinthians, a Caixa também investe em outros patrocínios esportivos. Só no futebol, por exemplo, o banco também apoia Figueirense, Avaí e Atlético-PR. Beiriz diz que não sabia desses outros acordos, e promete tomar providências também a esse respeito.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes