Defesa corintiana acerta cobertura, sobe de produção e já arranca elogios de Tite

Defesa corintiana acerta cobertura, sobe de produção e já arranca elogios de Tite

Defesa corintiana acerta cobertura, sobe de produção e já arranca elogios de Tite

Defesa corintiana acerta cobertura, sobe de produção e já arranca elogios de Tite

Gustavo Franceschini
Do UOL, em São Paulo

O Corinthians conseguiu passar dois jogos importantes sem levar gols e a melhora de rendimento do setor defensivo já rendeu elogios de Tite. Depois de um início de ano ruim, o treinador reconheceu a melhora de sua equipe após uma semana de cobranças à postura da equipe.

'Eu tenho compromissos com o lado técnico. Falei para eles: ?Vocês têm de parar com os erros técnicos individuais. Têm de cumprir a função na cobertura, porque se alguém erra, o outro está ali para ajudar?, disse Tite, após o 0 a 0 com o Santos.

 Foram apenas dois jogos, mas o desempenho animou o treinador. Quando sofreu o segundo gol diante do Bragantino, no fim de semana passado, o Corinthians chegava a dez gols sofridos em dez partidas em 2013, número muito superior às marcas de 2012.

No melhor ano de sua história, o clube levou quatro gols em 14 jogos para ser campeão da Libertadores, com média de 0,28 por jogo. Mesmo no Brasileiro, que não foi prioridade para o Corinthians, foram 12 comemorações dos rivais em 38 partidas, ou 0,315 gols sofridos em média.

Os números incomodaram Tite. Ele chegou a lamentar o desempenho publicamente e, nos treinos, deu atenção especial ao trabalho defensivo. A maior cobrança do treinador foi sobre a questão da cobertura e o posicionamento nos cruzamentos, origem de cinco dos dez gols sofridos até agora neste ano.

A pressão deu certo. Contra o Millonarios, na última quarta, o Corinthians não foi tão exigido, mas saiu-se bem quando os colombianos atacaram e conseguiu deixar o gramado sem ser vazado depois de quatro jogos em sequência com gols dos rivais.

Neste fim de semana, o teste foi maior, já que o Corinthians enfrentou o Santos do sempre perigoso Neymar. Gil, em tarde inspirada, não deu espaços ao atacante e foi auxiliado por todos os companheiros. De todo o time titular, o único que deixou o campo sem fazer um desarme sequer foi Danilo.

'O Edenílson jogou muito, mesmo depois de ficar pressionado com um cartão. O garoto [Igor] fez um grande jogo na lateral. Guerrero fez desarme de volante na nossa intermediária. Tudo contribuiu para a consistência?, disse Tite, relembrando os destaques do time durante a partida.

Nas próximas semanas, a defesa também deve ganhar uma disputa de posição. Titular absoluto em 2012, Chicão está próximo de voltar após uma artroscopia em um dos joelhos. Gil, principal candidato a deixar a equipe, no entanto, arrancou elogios de Tite após o clássico.

'O grande mérito dele é que ele é eficiente e seguro. Não vai aparecer em jogada técnica, clássica. É exatamente o que o defensor tem de ter na sua essência?, disse o treinador.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes