Conmebol adia julgamento que decide futuro do Corinthians para hoje

Conmebol adia julgamento que decide futuro do Corinthians para hoje

1.8 mil visualizações 6 comentários Comunicar erro

Conmebol adia julgamento que decide futuro do Corinthians para hoje

Conmebol adia julgamento que decide futuro do Corinthians para hoje

A Conmebol adiou o julgamento que definiria o futuro do Corinthians na Copa Libertadores para esta quinta-feira, 7 de março, às 15h de Brasília. Previamente marcado para quarta, a reunião não ocorreu porque um dos juízes não pôde participar do evento.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Corinthians, que aguardava o resultado da reunião em Tijuana, no México. Nesta noite, o time do técnico Tite enfrenta a equipe da casa, homônima, pela terceira rodada do Grupo 5 da Libertadores. 

A reunião desta quarta ocorreria por meio de teleconferência e definiria a punição do Corinthians por conta da tragédia de Oruro. Quem anunciou a data e até o horário do julgamento foi Caio Rocha, presidente do Tribunal de Disciplina da entidade, em entrevista à rádio Bradesco Esportes FM na última segunda.

Não houve, no entanto, nenhuma comunicação oficial da Conmebol com o clube. Mesmo assim, dirigentes e advogados alvinegros passaram a tarde na expectativa de uma decisão que acabou não saindo. Agora, terão de aguardar mais um dia para saber se o Corinthians seguirá obrigado a atuar com portões fechados.

A medida inicial tomada pela Conmebol foi preventiva, e pode ser revista no julgamento do mérito. A expectativa do clube do Parque São Jorge é que já na próxima quarta, contra o Tijuana, a torcida esteja autorizada a entrar no Pacaembu.

O julgamento é um desdobramento da morte do jovem Kevin Beltrán Espada, de 14 anos, que morreu atingido por um sinalizador de navio atirado por torcedores corintianos que assistiam ao empate por 1 a 1 com o San Jose, na Bolívia. O clube brasileiro, no entanto, não foi denunciado pela morte, e sim pelo uso do sinalizador, infração prevista no regulamento na Libertadores.

A posse do artefato poderia até causar a expulsão do Corinthians pela Libertadores, pela letra fria do regulamento. Apesar disso, a expectativa é que os brasileiros recebam uma punição parecida com aquela que foi aplicada ao Vélez, na última terça.

O clube argentino recebeu uma multa e foi obrigado a atuar uma vez com portões fechadas. Além disso, terá de jogar sem torcida quando for visitante até a semifinal, caso chegue tão longe na competição. No caso do Corinthians, isso significaria que o Pacaembu poderia receber público já na próxima rodada, uma vez que a equipe atuou uma vez com o estádio quase vazio na competição.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Fagner atuou durante os 90 minutos do jogo entre Brasil e Costa Rica

    Fagner joga, defesa passa ilesa, e Brasil vence Costa Rica pela Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Fagner faz parte da delegação canarinha que busca o hexa na Rússia

    Até rivais se rendem, e Fagner é elogiado após estreia em Copas do Mundo; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians e São José disputam o título da Liga Ouro de 2018

    Em vantagem na série final, Corinthians visita São José valendo título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Léo Jabá foi oficializado como novo reforço do PAOK FC

    Léo Jabá se torna transferência mais cara de clube grego; Corinthians deve lucrar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes