Conmebol perderia cerca de R$ 400 mil com Pacaembu fechado

Conmebol perderia cerca de R$ 400 mil com Pacaembu fechado

Nesta quinta, a Confederação Sul-Americana decidiu retirar a punição ao Corinthians pela morte de Kevin Espada. O clube se beneficia porque volta a ter torcedores no Pacaembu, incentivando os jogadores e enriquecendo os cofres alvinegros. Os torcedores se beneficiam, porque podem ver seu time de perto. E a Conmebol, responsável por decidir sobre a punição ou não ao clube paulista, também se beneficia.

Pelo artigo 16 do regulamento da Libertadores, 10% da renda bruta dos jogos pertencem à entidade, e são descontado dos créditos dos clubes pelos direitos de TV (veja abaixo). Esse valor não é fixo, como taxas de arbitragem. Eles estão diretamente vinculados à arrecadação da partida. Ou seja, com o Pacaembu vazio – e com renda zero – a confederação também deixa de faturar.

Na fase de grupos da Libertadores 2012, o Corinthians teve renda em torno de R$ 1,8 milhão em cada um de seus jogos em casa. Se a bilheteria de 2013 tivesse um pequeno aumento, a Conmebol deixaria de receber quase R$ 200 mil por partida do Alvinegro com portões fechados. É mais ou menos esse o valor que a entidade deixou de receber por Corinthians x Millonarios.

Considerando que a confederação multou o clube brasileiro em US$ 200 mil (cerca de R$ 400 mil), dá para dizer que, nos cofres da entidade, só metade é ganho real. A outra metade serve para compensar o prejuízo dela pela bilheteria zero da partida contra o Millonarios.

De qualquer modo, a Conmebol deixaria de receber mais R$ 400 mil se os jogos contra Tijuana e San José também fossem realizadas com o Pacaembu fechado ao público. Um total de quase R$ 400 mil. Suficiente para influenciar o nível de rigor de seu tribunal?

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes