Tite planeja terminar a fase de grupos da Libertadores com 11 pontos

Tite planeja terminar a fase de grupos da Libertadores com 11 pontos

Tite quer ao menos duas vitórias e um empate nos três jogos que restam para o Corinthians disputar na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Atualmente com 4 pontos ganhos no grupo 5 do torneio, o técnico almeja totalizar 11 para confirmar a classificação à próxima etapa.

"Onze pontos", confirmou Tite, sem hesitar, ao falar sobre a sua meta. O líder da chave do Corinthians é o Tijuana, que tem 9 e será o adversário da noite de quarta-feira (13), no Pacaembu. Basta uma vitória, portanto, para o time mexicano ir a 12 e superar a projeção de Tite. O colombiano Millonarios, que soma 9 pontos, e o boliviano San José, lanterna com 1, completam o grupo.

"Existem grupos mais difíceis. Outros, mais fáceis. O nosso tem o Tijuana, que faz a melhor campanha de toda a Libertadores, é o campeão mexicano e abriu 9 pontos, uma vantagem considerável. A chave apresenta alguns componentes complicados: a altitude da Bolívia, a viagem longa para o México...", comentou Tite.

De fato, o Corinthians tem enfrentado mais dificuldades do que em 2012. Na temporada passada, o campeão continental avançou com 14 pontos conquistados, na primeira colocação do grupo 6, que também tinha o mexicano Cruz Azul, o paraguaio Nacional e o venezuelano Deportivo Táchira.

Repetir a campanha invicta do ano anterior já não é mais possível. O Tijuana impediu, com a vitória por 1 x 0 no México, na rodada passada. "Não estamos engasgados. O Tijuana não tem culpa de a arbitragem não ter invalidado aquele gol impedido. Vou fazer o quê?", contestou Tite.

Para acabar com o aproveitamento de 100% do Tijuana na Libertadores, o técnico do Corinthians trabalhou até em sua folga de domingo (10). "Fiquei deitado no sofá com a minha esposa e a minha filha, assistindo a vários lances, a jogos. A preparação é importante", disse Tite, que não conta com o empate previsto em seu planejamento já na próxima rodada.

Fonte: placar

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes