Tite elogia o elenco e promete torcer pelo Corinthians quando sair

Tite elogia o elenco e promete torcer pelo Corinthians quando sair

6.4 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Tite elogia o elenco e promete torcer pelo Corinthians quando sair

Tite elogia o elenco e promete torcer pelo Corinthians quando sair

Gustavo Franceschini
Do UOL, em São Paulo

A convivência harmoniosa entre titulares e reservas, a confiança da direção e o clima com os demais funcionários fizeram Tite rasgar elogios ao seu ambiente de trabalho. Empolgado com o atual momento do Corinthians, o comandante alvinegro até prometeu torcer pelo clube quando deixar seu cargo no futuro.

'Fiquei três anos em Veranópolis e tinha esse calor humano. Em dois anos e meio de Grêmio também tinha isso. Um ano e meio no Inter com um grupo de trabalho extraordinário. Nesses clubes você fica com um carinho especial, não consegue torcer contra. Um dia vou torcer muito pelo Corinthians?, disse Tite.

O discurso não significa que a passagem dele pelo clube do Parque São Jorge está acabando, mas é difícil saber onde Tite estará daqui a um ano. O treinador tem contrato até o fim de 2013, quando completará três temporadas completas no Corinthians. Seu futuro depois disso, porém é uma incógnita, e ele mesmo evita fazer projeções.

'Não temos a concepção europeia de um técnico ficar muito tempo em um grande clube. Mas vamos deixar o tempo seguir?, disse o treinador.

Na última semana, Tite gostou muito da reação do elenco após a derrota contra o Tijuana, no México. 'Por vezes o torcedor que vai lá no estádio não tem ideia do quanto a gente fica envolvido em uma competição importante como a Libertadores, em que um erro pode ser fatal, um jogo errado pode causar nossa saída. Foi muito difícil essa dosagem, o aspecto emocional, esse envolvimento todo. Foi por isso que coloquei que é difícil buscar e resgatar como nós resgatamos?, disse ele, referindo-se à vitória por 3 a 0 da última quarta.

Para ele, a superação é o resultado positivo de um clima bom dentro do ambiente de trabalho. 'O Corinthians, antes de ter atletas de qualidade, tem um grupo de funcionários da mais alta qualidade profissional. Todo mundo gosta de trabalhar no Corinthians. As pessoas da rouparia, da limpeza, da cozinha... Todo mundo gosta. O menino foi de volta para o Avaí e saiu chorando, tamanho o envolvimento pessoal?, disse o treinador sobre Rudnei, que nesta semana voltou ao clube catarinense e ficou aos prantos na despedida.

'Falei para eles o que falei para vocês. Tenho muito orgulho [do elenco]. O filhinho do Jorge Henrique estava hoje na oração inicial. Falei para ele: está vendo a tarja que ele tem? O técnico não está dando, ele merece a tarja de capitão?, completou Tite, que neste sábado escolheu o meia-atacante para vestir a braçadeira.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Balbuena segue sem estender vínculo com o Corinthians

    Corinthians aciona Vampeta para tentar ajudar na renovação de Balbuena; clube se pronuncia

    ver detalhes
  • Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

    Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

    ver detalhes
  • Timão recebe o arquirrival Palmeiras na Arena neste sábado

    Torcida garante 33 mil ingressos para primeiro Dérbi de 2018; venda física começa nesta quarta

    ver detalhes
  • Ralf foi apresentado pelo Corinthians no início da tarde desta terça-feira, no CT

    Apresentado, Ralf fala em 'momento de Gabriel', mas avisa: 'Vou buscar meu espaço'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes