Após reação, Fábio Santos vê Corinthians como em 2012

Após reação, Fábio Santos vê Corinthians como em 2012

VÍTOR MARQUES - Agência Estado
A derrota por 1 a 0 para o Tijuana, no México, no dia 6 de março, encerrou uma série invicta de 16 jogos do Corinthians na Copa Libertadores e foi um marco para o time, segundo o lateral-esquerdo Fábio Santos. O jogador explicou que o resultado incomodou o elenco, que se mobilizou e venceu as últimas três partidas que disputou na temporada.

"Na derrota de lá incomodou, fazia tempo que não vivíamos um vestiário como aquele, o sentimento foi ruim, perdemos a invencibilidade, equipe vencedora sente quando perde, mas depois demos resposta contra o Ituano, o Tijuana e agora o União Barbarense", afirmou.

Fábio Santos avaliou também que o clima no clube está bastante semelhante ao do ano passado, quando a equipe conquistou o título da Libertadores. "O clima está bem semelhante ao 2012, dentro de campo, apesar dos fatores extracampo (tragédia de Oruro), otimismo é grande, o trabalho é o mesmo para buscar o bicampeonato", disse.

Para Fábio Santos, os times brasileiros são os principais adversários do Corinthians na luta pelo título da Libertadores. Ele também avaliou ser viável a equipe ultrapassar o Tijuana e assumir a liderança do Grupo 5. Atualmente, a equipe mexicana está com nove pontos, dois a mais do que os paulistas, faltando duas rodadas para o encerramento da chave.

"Ainda acho que tirando as forças conhecidas, Boca, Velez, os principais adversários sãos os brasileiros, os grupos estão embolados, só o atlético deu aquela disparada, temos condições de terminar em primeiro no grupo", disse.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes