Zagueiro Gil concorda com Pelé e quer Corinthians como base da seleção

Zagueiro Gil concorda com Pelé e quer Corinthians como base da seleção

Gil tem feito boas partidas no Corinthians

Gil tem feito boas partidas no Corinthians

Foto: Tom Dib

O zagueiro Gil concordou com a opinião dada por Pelé e reforçou o discurso de que o Corinthians pode ser a base da seleção brasileira, como afirmou o ex-jogador na última segunda-feira em um evento em São Paulo.

"Assino embaixo (a declaração de Pelé). O Corinthians tem excelentes jogadores e é sempre bom ter amigos na seleção", disse Gil nesta terça-feira.

Gil ainda reforçou a visão de que o time alvinegro não se destaca por um ou outro jogador, mas sim pelo trabalho coletivo.

"Quando se fala em Corinthians, todos olham o elenco. Temos jogadores como Ralf, Paulinho e Fabio Santos, jogadores que já passaram pela seleção", afirmou o zagueiro corintiano.

Contratado pelo Corinthians no começo do ano, Gil aproveitou a ausência de Chicão e é o jogador com o maior número de partida pelo time no ano, desempenho que surpreendeu o próprio atleta.

"Para ser sincero, não (esperava tantas chances). Quando cheguei, recebi muita força do grupo para tudo que precisei, me ajudaram bastante nos treinos e por isso estou fazendo o meu melhor e crescendo sempre", afirmou Gil.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Alessandro Nunes, Fábio Carille e Flavio Adauto estão unidos na busca por reforços para 2018

    Carille confirma conversas por contratações e vê com otimismo planejamento do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • O GERENTE ENLOUQUECEU

    VÍDEO: O GERENTE ENLOUQUECEU

    ver detalhes
  • Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    [Marco Bello] Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Kazim e Pablo marcaram presença em show de Bruno Mars no estádio do Morumbi

    Jogador do Corinthians se envolve em confusão com conselheiro são-paulino no Morumbi

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes