Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas

Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas

Corinthians é o atual campeão da Libertadores

Corinthians é o atual campeão da Libertadores

Foto: AFP

Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas graças a seus impressionantes números obtidos na temporada 2012. A maior receita da história foi anunciada pela direção corintiana no mês de março. Sem a transferência de atletas, o Corinthians atingiu mais de R$ 324 milhões. Se somadas as negociações, o valor salta para R$ 357 milhões.

Neste infográfico, o Terra traz muito mais que isso e praticamente abre a "caixa-preta" das finanças corintianas. Explicamos a ascensão, as principais fontes de receitas, as negociações de atletas e, entre outros, o curioso crescimento da dívida do Corinthians.

Em seis anos, o Corinthians subiu 416% em recursos arrecadados sem incluir negociações de jogadores. Em relação ao ano anterior, o salto para 2012 foi de 41%. Se incluída a categoria venda de atletas, o último exercício totaliza R$ 358,5 milhões

2007 - R$ 62,9 milhões
2008 - R$ 90,7 milhões
2009 - R$ 151,1 milhões
2010 - R$ 177,7 milhões
2011 - R$ 230,8 milhões
2012 - R$ 324,7 milhões

* Não contabiliza vendas de atletas

Fonte: Balanço oficial do Corinthians

Fonte: terra

Veja Mais:

  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes