Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas

Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas

Corinthians é o atual campeão da Libertadores

Corinthians é o atual campeão da Libertadores

Foto: AFP

Atual campeão invicto, o Corinthians também é o clube mais rico das Américas graças a seus impressionantes números obtidos na temporada 2012. A maior receita da história foi anunciada pela direção corintiana no mês de março. Sem a transferência de atletas, o Corinthians atingiu mais de R$ 324 milhões. Se somadas as negociações, o valor salta para R$ 357 milhões.

Neste infográfico, o Terra traz muito mais que isso e praticamente abre a "caixa-preta" das finanças corintianas. Explicamos a ascensão, as principais fontes de receitas, as negociações de atletas e, entre outros, o curioso crescimento da dívida do Corinthians.

Em seis anos, o Corinthians subiu 416% em recursos arrecadados sem incluir negociações de jogadores. Em relação ao ano anterior, o salto para 2012 foi de 41%. Se incluída a categoria venda de atletas, o último exercício totaliza R$ 358,5 milhões

2007 - R$ 62,9 milhões
2008 - R$ 90,7 milhões
2009 - R$ 151,1 milhões
2010 - R$ 177,7 milhões
2011 - R$ 230,8 milhões
2012 - R$ 324,7 milhões

* Não contabiliza vendas de atletas

Fonte: Balanço oficial do Corinthians

Fonte: terra

Veja Mais:

  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes
  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Alessandro é homem de confiança do presidente corinthiano

    Diretor de futebol refuta saída de Alessandro do Corinthians: 'Picuinha'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes