Emerson evita cobranças e diz que Tite é o melhor treinador que teve

Emerson evita cobranças e diz que Tite é o melhor treinador que teve

940 visualizações 4 comentários Comunicar erro

Emerson parece estar cada vez mais afastado da má fase que o atrapalhou neste início de ano, mas ainda evita qualquer tipo de cobrança pública. Depois de entrar bem e marcar o gol do Corinthians no 1 a 1 contra o XV de Piracicaba, o atacante foi político e rasgou elogios ao técnico Tite.

“Se tiver de correr mais para poder buscar espaço, vou correr mais, mas sempre respeitando o Tite, que é um cara que eu admiro. Foi o melhor treinador que eu tive durante toda a minha carreira, um ser humano sensacional”, disse Emerson, sem esconder a vontade de voltar a ser titular.

“Eu não gosto de ficar no banco, ninguém gosta. Eu nunca fiquei, mas respeito para caramba ele [Tite]. É um cara profissional, respeita todo mundo. Eu estou feliz, mas é claro que os 30 atletas do Corinthians querem jogar. Mas eu não quero exigir nada, só quero exigir poder treinar e mostrar meu futebol”, completou o atacante, em entrevista às emissoras de rádio na beira do gramado em Piracicaba.

Emerson começou no banco de reservas por opção de Tite. Além de ter perdido a posição para Alexandre Pato, ele também foi relegado ao posto de quarta opção para o ataque, atrás até de Romarinho, titular nesta quarta.

Sem alarde, porém, o Sheik conseguiu mostrar serviço. Emerson entrou no segundo tempo de um jogo truncado, em que o Corinthians não vinha bem. Na chance que teve, ele ganhou de um zagueiro na raça, se esforçou para não trombar com Romarinho e bateu travado para fazer 1 a 0. No fim, o XV igualaria o placar, mas não impediria o atacante de comemorar.

“Voltei a jogar com alegria, com confiança, agora sem problemas, com coisas particulares minhas resolvidas, podendo me preocupar só no meu trabalho”, disse ele.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes