Corinthians manobra por dinheiro do BNDES

Corinthians manobra por dinheiro do BNDES

3.5 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Corinthians e Odebrecht analisaram a possibilidade de mudar o banco repassador para receber o empréstimo do BNDES de R$ 400 milhões necessário para a conclusão das obras do Itaquerão (Arena Corinthians), em São Paulo. Devido às exigências do Banco do Brasil, clube e construtora cogitam procurar a Caixa Econômica Federal, outro banco público e que patrocina a equipe, e instituições privadas, entre elas o Bradesco e o Itaú.

Embora o BNDES já tenha liberado o empréstimo, é o Banco do Brasil quem deve repassar os R$ 400 milhões ao clube e à construtora — um fundo imobiliário foi criado para tal finalidade. Por ter criado esse fundo, tanto o clube como a construtora acreditavam que o Banco do Brasil liberaria o empréstimo. Mas não foi o que aconteceu. O banco argumenta que não empresta dinheiro a clubes de futebol e exige que a Odebrecht apresente garantias de que o compromisso será honrado.

As obras do estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014 estão 67% concluídas e até agora já foram gastos cerca de R$ 500 milhões sem recursos públicos. O dinheiro veio de "empréstimos-ponte" tomados pela Odebrecht em dois bancos privados, o Bradesco e o Santander. O problema é que esses empréstimos têm juros maiores em relação ao financiamento do Banco do Brasil (é um linha só para estádios do Mundial graças ao incentivo do BNDES).

Fonte: Bem Paraná

Veja Mais:

  • Top fregueses do Corinthians | #43

    VÍDEO: Top fregueses do Corinthians | #43

    ver detalhes
  • Roger foi apresentado como novo centroavante do Corinthians nesta sexta-feira

    Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

    ver detalhes
  • Recém-chegado, Roger participou do treino do Corinthians nesta sexta-feira

    Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik não enfrenta Paraná Clube neste domingo

    Sem Roger nem Sheik: Carille relaciona 22 para jogo contra Paraná

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes