Corinthians manobra por dinheiro do BNDES

Corinthians manobra por dinheiro do BNDES

3.5 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Corinthians e Odebrecht analisaram a possibilidade de mudar o banco repassador para receber o empréstimo do BNDES de R$ 400 milhões necessário para a conclusão das obras do Itaquerão (Arena Corinthians), em São Paulo. Devido às exigências do Banco do Brasil, clube e construtora cogitam procurar a Caixa Econômica Federal, outro banco público e que patrocina a equipe, e instituições privadas, entre elas o Bradesco e o Itaú.

Embora o BNDES já tenha liberado o empréstimo, é o Banco do Brasil quem deve repassar os R$ 400 milhões ao clube e à construtora — um fundo imobiliário foi criado para tal finalidade. Por ter criado esse fundo, tanto o clube como a construtora acreditavam que o Banco do Brasil liberaria o empréstimo. Mas não foi o que aconteceu. O banco argumenta que não empresta dinheiro a clubes de futebol e exige que a Odebrecht apresente garantias de que o compromisso será honrado.

As obras do estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014 estão 67% concluídas e até agora já foram gastos cerca de R$ 500 milhões sem recursos públicos. O dinheiro veio de "empréstimos-ponte" tomados pela Odebrecht em dois bancos privados, o Bradesco e o Santander. O problema é que esses empréstimos têm juros maiores em relação ao financiamento do Banco do Brasil (é um linha só para estádios do Mundial graças ao incentivo do BNDES).

Fonte: Bem Paraná

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes