Atacante Souza pode retornar ao Goiás

Atacante Souza pode retornar ao Goiás

Por Meu Timão

Depois de quatro partidas afastado, o atacante Souza volta a ser relacionado para o banco de reservas do Corinthians no duelo desta quinta-feira, contra o Vitória. Mas, assim como Douglas, o jogador pode nem aparecer no Pacaembu. O Corinthians, que fracassou ao tentar emprestá-lo ao Atlético-MG e Sport, pode se inclinar a aceitar a oferta do Goiás.
 

Procurado, o clube goiano exigiu que 50% do salário do atacante, que gira em torno de R$ 175 mil, fosse bancado pelo Corinthians. A proposta, inicialmente, foi recusada porque o clube esperava trocá-lo por Robert, do Monterrey-MEX, mas as partes também não chegaram a um acordo.

Souza, que reencontraria no Goiás o amigo Léo Lima, que despontou com ele no Vasco, em 2003, já soube e se animou com a proposta. Além disso, foi artilheiro do Brasileiro de 2006 pelo clube, com 17 gols, e coleciona amigos da época.

Em 25 partidas pelo Corinthians, ele marcou apenas quatro gols, sendo um no amistoso contra o Estudiantes. Ele foi contratado no início do ano por 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 4,8 milhões) do Panathinaikos-GRE por sugestão do empresário Carlos Leite, mesmo agente de Mano Menezes e de outros atletas no elenco.

O Corinthians pagou 20% à vista e parcelou o restante em 12 vezes. Duas parcelas estão atrasadas.

 

Veja Mais:

  • Conversa definirá participação de Romero nesta quinta-feira

    Romero é aguardado no CT do Corinthians; atacante pode ser até titular contra o Linense

    ver detalhes
  • Brasil venceu o Paraguai na Arena Corinthians

    Torcedores e jornalistas sul-americanos enaltecem beleza da Arena Corinthians; veja as declarações

    ver detalhes
  • Fagner aplicou um lindo chapéu no adversário paraguaio

    Corinthians destaca lindo chapéu de Fagner pela Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Gabriel é provável titular diante do Linense nesta quarta-feira; seu companheiro de setor, Maycon, está vetado

    Corinthians encara Linense na Arena em última prova antes de decisões

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes