Trio do Corinthians é parado em blitz da Polícia Rodoviária em SP

Trio do Corinthians é parado em blitz da Polícia Rodoviária em SP

Trio do Corinthians é parado em blitz da Polícia Rodoviária em SP

Trio do Corinthians é parado em blitz da Polícia Rodoviária em SP

' Nesta Sexta-feira da Paixão, o goleiro Júlio César, o zagueiro Chicão (foto abaixo) e o lateral-esquerdo Fábio Santos foram parados numa blitz da Polícia Rodoviária, próximo ao acesso da rodovia Ayrton Senna, no quilômetro 17. Ambos foram liberados sem nenhum problema.


Os três teriam conversado em tom de descontração com os oficiais. Chicão teve que se explicar a polícia porque seu carro, uma Land Rover nova, estava sem placa. Ele mostrou seus documentos e pode seguir o seu caminho. O mesmo aconteceu com Júlio César e Fábio Santos.

Apesar da blitz, todos os jogadores chegaram a tempo do treinamento no CT Joaquim Grava. Jogadores como Gil, Alessandro e Alexandre Pato fizeram um trabalho a parte. O restante treinou finalização e marcação em jogadas aéreas. O técnico Tite ainda não definiu o time titular.

Tudo indica que o Timão terá força máxima, com Guerrero e Emerson Sheik no comando de ataque. Cássio e Renato Augusto seguem vetados pelo Departamento Médico e não jogam.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes