Cervejaria pode pagar duas vezes 'Fonte Nova' para patrocinar Arena Corinthians

Cervejaria pode pagar duas vezes 'Fonte Nova' para patrocinar Arena Corinthians

15 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

As conversas sobre o naming rights continuam entre Corinthians e Itaipava

As conversas sobre o naming rights continuam entre Corinthians e Itaipava

A Itaipava pode adquirir o naming rights de um estádio da Copa do Mundo. Depois da Arena Fonte Nova, a cervejaria carioca pode estampar seu nome na Arena Corinthians. Executivos estiveram nas obras do estádio para negociar com os responsáveis pela arena.

Na primeira reunião, os dirigentes da Itaipava não saíram muito animados, pois o Corinthians teria pedido R$ 20 milhões por ano, num contrato de 20 anos, totalizando o pagamento de R$ 400 milhões. Este valor é o dobro pago para o patrocínio da Arena Fonte Nova.

As negociações seguirão nos próximos dias. Executivos da cervejaria querem abaixar a pedida corintiana. Além das duas arenas, a Itaipava negocia patrocinar o Mineirão, o Castelão e a Arena Pernambuco, outras sedes do Mundial de 2014.

O principal fator que diferencia o estádio corintiano das demais Arenas da Copa, é que a mesma ainda não foi efetivamente batizada, o que torna mais forte e mais interessante a iniciativa para a marca, que teria menos dificuldade em popularizar o nome.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jogadores foram apresentados juntos pelo Jiangsu Suning, em 2016

    Jô comemora possível contratação e revela conselhos sobre o Corinthians para Alex Teixeira

    ver detalhes
  • Rodriguinho comemora golaço na Arena Corinthians

    Com golaço e até 'nó tático', Corinthians detona Palmeiras e vence primeiro Dérbi de 2018

    ver detalhes
  • Mosaico contra o Palmeiras, pela primeira fase do Paulistão 2018

    Arena Corinthians já teve 12 mosaicos desde a inauguração; relembre os temas e as fotos

    ver detalhes
  • Alex Teixeira tem acordo verbal com o Timão até o final do ano

    Corinthians pode inscrever Alex Teixeira na Libertadores mesmo sem fechar acordo; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes