Pato "revela" ter recebido proposta do Chelsea antes de voltar ao Brasil

Pato "revela" ter recebido proposta do Chelsea antes de voltar ao Brasil

Antes de chegar ao Corinthians, Alexandre Pato foi alvo de propostas de diversos clubes do futebol mundial. No entanto, uma forte investida pelo atacante era desconhecida até a noite desta segunda-feira. Durante o programa “Bem Amigos”, do SporTV, o apresentador Galvão Bueno “entregou” três ofertas do Chelsea pelo jogador do Corinthians.

Durante a atração, Galvão falou sobre os times que procuraram Pato. O apresentador citou o Paris Saint-Germain, Arsenal, Barcelona e afirmou que o atacante negou três propostas do Chelsea durante o período em que defendeu o Milan.
Apesar de manter uma postura cautelosa, o jogador do Corinthians não negou nenhum dos nomes citados por Galvão. Mesmo com a “confirmação” do forte assédio, o atacante afirmou estar feliz no Corinthians e que escolheu o clube paulista por conta do calor da torcida alvinegra.

“Eu tive muitas propostas. Eu escolhi o Corinthians pelos ótimos profissionais. Tem um treinador muito bom e isso pesou bastante. Até mesmo o ponto da torcida, quando eu vim para o jogo da Libertadores senti o calor da torcida e isso me deixou com certeza da decisão que tomei”, disse.

Quem também acabou ajudando o atacante do Corinthians foi Bárbara Berlusconi, sua namorada e filha de Silvio Berlusconi. Em 2012, Pato acompanhou a decisão da Libertadores para passar o tempo até o horário de busca-la no aeroporto.

“No ano passado, eu estava na final da Libertadores. A Barbara ia chegar às 4h do dia seguinte. Falei com o Gilmar Veloz, meu empresário, e pensei em ir para o jogo e depois a buscaria no aeroporto. E ali, mesmo eu não sendo jogador do Corinthians, já recebi o carinho dos torcedores. Isso ajudou a minha vinda”, completou.

Além de falar sobre as propostas que recebeu, Pato comentou sobre a forte concorrência para garantir um lugar na seleção brasileira para a Copa das Confederações. De acordo com o atacante, o ideal é manter o foco no trabalho realizado com o Corinthians para ser convocado mais vezes.

“Temos muitos companheiros e todos são fortes. Tenho que pensar no meu trabalho no Corinthians para depois pensar na seleção brasileira. Tem o Fred, o Leandro Damião, tem o Leandro, o Luis Fabiano e são todos grandes jogadores”, completou.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes