Brasil pode ter dois eliminados na primeira fase da Libertadores após 11 anos

Brasil pode ter dois eliminados na primeira fase da Libertadores após 11 anos

6.5 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

Bambis podem ficar de fora

Bambis podem ficar de fora

Foto: Julia Chequer/Folhapress

Principal potência sul-americana no futebol, o Brasil pode passar um relativo vexame na Libertadores deste ano, já que as possibilidades de dois brasileiros serem eliminados já na primeira fase não é pequena. Isto não ocorre desde 2002, quando Flamengo e Atlético-PR não avançaram. São Caetano e Grêmio, outros dois representantes do país, chegaram à semi, e o Azulão foi derrotado na final pelo Olímpia.

A situação mais delicada neste ano é a do São Paulo, que não depende só de si para avançar às oitavas de final como segundo melhor do Grupo 3. Para conseguir o 'milagre', tem de vencer o Atlético-MG, no Morumbi, e torcer para o The Strongest, da Bolívia, não pontuar no duelo contra o Arsenal, na Argentina. De acordo com o site Chance de Gol, o clube paulista é a equipe com menos chance de seguir adiante na competição. São 16% para o Tricolor contra 56,1% dos bolivianos e 27,8% dos argentinos.

Outro clube que pode dizer adeus na semana que vem é o Grêmio. Apontado como um dos grandes candidatos ao título da Libertadores, os gaúchos não podem nem sonhar em perder para o Huachipato, fora de casa, na quinta-feira. Atualmente, o time é o segundo lugar, com sete pontos, mesmo número dos chilenos.

Para o Grêmio, um alento: o Huachipato perdeu as duas partidas que disputou ao lado de sua torcida até aqui na competição - 3 a 1 para o Caracas e 2 a 1 para o Fluminense. O Grupo 8, aliás, está completamente indefinido. Até mesmo o Fluminense, líder com oito pontos, pode ficar fora, caso perca para o Caracas, no Rio, e haja um vencedor no duelo no Chile.

As possibilidades de classificação do Grêmio são melhores que a do São Paulo, mas o clube também sai atrás do Huachipato na porcentagem do Chance de Gol. O Tricolor gaúcho tem 58,8% contra 51,2% dos chilenos. No outro duelo da chave, Fluminense tem 96,7% contra 3,3% do Caracas.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Campeão paulista, Balbuena levantou sua terceira taça como jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia renovação de contrato de Balbuena

    ver detalhes
  • Carille aposta em retorno de trio para surpreender Vitória no Barradão

    Carille arma Corinthians com três mudanças para estreia na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Sheik comemora gol sobre Mirassol na Arena; atacante vai a Salvador com Timão

    Com Sheik, sem Renê: veja lista de relacionados do Corinthians para jogo contra o Vitória

    ver detalhes
  • Renê está fora do primeiro jogo do Timão na Copa do Brasil

    Renê Júnior se machuca em treino e desfalca Corinthians diante do Vitória

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes