Timão busca sequência inédita em 2013 para 'bater meta' no Paulistão

Timão busca sequência inédita em 2013 para 'bater meta' no Paulistão

Desde o início do Campeonato Paulista, o técnico Tite traçou o G-4 como principal meta do Corinthians. O excesso de empates atrapalhou a equipe, que conquistou apenas um ponto em oito das 17 partidas disputadas pelo estadual até aqui. Neste domingo, contra o Linense, às 16h (horário de Brasília), no estádio Gilberto Siqueira Lopes, o Timão tem a oportunidade de chegar à quinta vitória consecutiva pela primeira vez na temporada – marca conquistada pela última vez entre março e abril do ano passado.
Atualmente, o Corinthians ocupa a quinta colocação do Paulistão, com 32 pontos. Como o São Paulo, com 41, já assegurou a liderança até o fim da primeira fase, os comandados de Tite disputam com Ponte Preta, Mogi Mirim e Santos ao menos o segundo lugar. Quanto melhor a posição nesta etapa do estadual, mais vantagens a equipe acumula: no mata-mata, quem termina na frente tem o direito de decidir em casa.

A equipe vem embalada por quatro triunfos em sequência: São Paulo, Millonarios, São Bernardo e San José. No ano passado, o Timão ficou sem perder durante seis partidas: bateu Palmeiras, XV de Piracicaba, Oeste de Itápolis, Paulista de Jundiaí, Nacional (Paraguai), Ponte Preta e Deportivo Táchira (Venezuela). No Campeonato Brasileiro, não conseguiu tal estabilidade, já que estava focado no Mundial de Clubes, que seria disputado em dezembro, no Japão.
Apesar da insistência de Tite sobre a necessidade de melhores posições no Campeonato Paulista, no ano passado a vantagem pouco adiantou. O Corinthians terminou a primeira fase na liderança e caiu logo nas quartas de final, no estádio do Pacaembu, ao ser derrotado pela Ponte Preta – oitava colocada na parte inicial do estadual. Na Libertadores, a história foi diferente: o Timão decidiu todos os confrontos de mata-mata em casa, e acabou campeão invicto da competição continental.
O discurso do técnico alvinegro baseou-se não só nos pontos conquistados pela equipe, mas no desempenho apresentado: no empate por 1 a 1 com o XV de Piracicaba, por exemplo, Tite desaprovou a atuação do Corinthians, que vencia até o fim do segundo tempo, mas levou o gol de empate. No 2 a 2 com o Bragantino, por outro lado, o comandante exaltou a capacidade do Timão de buscar o resultado - Guerrero evitou a derrota com gol de pênalti aos 52 minutos do segundo tempo.
No total, o Corinthians está há dez jogos sem saber o que é derrota: após tropeçar no México, contra o Tijuana, a equipe acumulou oito vitórias dois empates - entre Libertadores e Paulistão. As únicas equipes que conseguiram arrancar um ponto contra o Timão foram o XV de Piracicaba e o Penapolense, no Barão de Serra Negra e no Pacaembu, respectivamente.

Fonte: globo esporte

Veja Mais:

  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes
  • Camisa do Timão usada no clássico recebeu 'teste' de patrocínio

    Corinthians encaminha acordo por patrocínio máster, diz portal

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo ficaram no 1 a 1 no Morumbi; do lado rival, protestos

    Com direito a dossiê, rival do Corinthians prepara reclamação contra juiz do Majestoso

    ver detalhes
  • Cássio fez discurso emocionante no vestiário do Morumbi

    Preleção do Corinthians no Morumbi teve discurso épico de Cássio: 'F...-se! Problema do São Paulo!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes