Após rodízio, Tite pode escolher substituto de Cássio no Corinthians

Após rodízio, Tite pode escolher substituto de Cássio no Corinthians

Após rodízio, Tite pode escolher substituto de Cássio no Corinthians

Após rodízio, Tite pode escolher substituto de Cássio no Corinthians

Quando anunciou que Cássio passaria até quatro semanas no departamento médico, Tite deixou no ar a possibilidade de estabilizar Júlio César como substituto. No último domingo (14), ele usou Danilo Fernandes na função, e agora pode finalmente fazer uma escolha entre os dois.

'A partir do momento que o Cássio teve o problema, era a vez do Júlio. E era justo o Danilo ter oportunidade. Agora vou definir', disse o treinador alvinegro após a derrota por 2 a 1 para o Linense, neste domingo.

Tite terá uma semana para decidir. Neste meio de semana, o Corinthians folga na Libertadores e volta a campo somente no próximo domingo, pela última rodada do Paulista.

A disputa é fundamental, já que o escolhido deve assumir a titularidade nas oitavas da competição continental. Pela previsão dos médicos, Cássio deve retornar até o dia 7 de maio, um dia antes da última data disponível para o primeiro mata-mata da Libertadores.

Nesse cenário, é provável que Júlio César ou Danilo Fernandes atuem em ao menos um dos dois jogos das oitavas. Até agora, ninguém encantou Tite ou a torcida.

Júlio foi campeão brasileiro de 2011, mas seguidas falhas fazem com que o público desconfie de seu potencial. Na última quarta, na vitória por 3 a 0 sobre o San José, ele mal foi acionado, mas um erro de passe no primeiro tempo deixou a arquibancada em alerta todas as vezes que ele participou do jogo dali em diante.

Neste domingo, foi a vez de Danilo jogar e, igualmente, não impressionar. No primeiro gol do Linense, ele não conseguiu parar a cabeçada à queima roupa de Marcelo, que bateu no travessão e sobrou para João Sales empatar. Pouco depois, Leandro Brasília cortou Gil e bateu forte na frente do goleiro, que pouco pôde fazer.

Questionado pelos jornalistas sobre os elogios que fez a Júlio César na última semana, Tite deixou claro que a situação ainda está indefinida. 'Não se pode interpretar elogio como escalação. Uma coisa é elogiar, outra coisa é escalar. Eu passo a escalação para vocês [repórteres] nos dias anteriores, não pode deduzir antes', avaliou.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes