Corintianos presos na Bolívia são castigados e estão com problemas de saúde, diz jornal

Corintianos presos na Bolívia são castigados e estão com problemas de saúde, diz jornal

Corintianos presos na Bolívia são castigados e estão com problemas de saúde, diz jornal

Corintianos presos na Bolívia são castigados e estão com problemas de saúde, diz jornal

Os doze corintianos presos há quase dois meses na Bolívia estariam sofrendo com problemas de saúde, além de terem sido castigados pelas autoridades do local. A informação teria sido comprovada por diplomatas brasileiros que visitam os presos constantemente.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, seis dos 12 homens foram colocados em um porão na cadeira, após serem pegos com aparelhos de telefone. Eles teriam sido colocados em condições precárias de higiene e para dormir. O detalhe é que a marca dos aparelhos não funciona na Bolívia, já que teria encerrado as operações no país - após essa descoberta o 'castigo' foi cancelado.

Além disso, uma avaliação médica constatou que sete dos presos estão com problemas de saúde. Rafael Castilho de Araújo, de 18 anos, estaria com a situação mais grave entre eles: um tendão rompido na mão direita. Os outros estariam com micose, queimaduras, gastrite e infecções.

Outra informação dá conta de que os brasileiros teriam sido procurados para uma situação de 'suborno'. Um advogado boliviano teria dito que uma indenização 'facilitaria a vida dos torcedores na Justiça' do país.

A Embaixada brasileira na Bolívia teria recebido um telegrama deste advogado, de nome Oscar Villafuerte Arias, que se apresentou como novo advogado da família de Kevin Espada. Ele teria pedido essa compensação financeira à autoridades brasileiras. O pedido foi recusado.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes