Jornalista Argentino fala que zaga do Boca é lenta e fraca e pode tomar chocolate do Timão

Jornalista Argentino fala que zaga do Boca é lenta e fraca e pode tomar chocolate do Timão

Quarta melhor equipe da fase de grupos da Copa Libertadores, o Corinthians vai encarar o Boca Juniors nas oitavas de final, em confrontos que devem ser disputados nos dias 1º e 8 de maio, sendo o primeiro na Bombonera, e o segundo em São Paulo, no Pacaembu.

O confronto marcará a reedição da final da competição sul-americana do ano passado, que terminou com triunfo do Timão. Foi o primeiro título da Libertadores da equipe de Parque São Jorge. O rival argentino, que não vive um bom momento no campeonato argentino e se garantiu nas oitavas mesmo com três derrotas em seis jogos, tem a volta de Riquelme para tentar se reerguer.

A presença de Juan Martínez chamará atenção no confronto, já que sem espaço para jogar com a camisa do Corinthians, o atacante forçou sua saída para o Boca Juniors, que o repatriou.
Saiba mais sobre o rival alvinegro na edição deste ano da Libertadores:

É certo que o Boca tem um futuro curto nesta Libertadores. Vai se tratar de um milagre caso passe das oitavas de final. O clube vive uma crise forte atualmente, sofrendo humilhações históricas como nunca tinha passado. Classificou-se mais pelo baixo nível de seus rivais do que por virtudes próprias. É um grupo que oscila muito e tem uma defesa muito fraca. São lentos e costumam falhar constantemente. Tomaram nove gols nos últimos dois jogos.


Time-base:

Orión, Sosa, Caruzzo, Burdisso e Clemente Rodríguez; Somoza, Ledesma, Erviti e Riquelme; Martínez e Blandi. Técnico: Carlos Bianchi.

A campanha no Grupo 1:
Boca terminou com o segundo colocado
Boca Juniors 1x2 Toluca–MEX Bombonera
Barcelona-ECU 1x2 Boca Juniors B. Pichincha
Boca Juniors 0x1 Nacional-URU Bombonera
Nacional-URU 0x1 Boca Juniors Centenário
Boca Juniors 1x0 Barcelona–ECU Bombonera
Toluca–MEX 3x2 Boca Juniors Nemesio Díez

Atual situação do Boca no Campeonato Argentino:
Em crise no Campeonato Argentino, o Boca sofreu um vergonhoso 6 a 1 do San Martín, no sábado. A goleada fora de casa revoltou os torcedores, que foram até a Bombonera protestar. Aos trancos e barrancos na Libertadores, eles ocupam somente a 17 posição na competição nacional, com oito pontos em nove jogos.

Quem é:
Nome: Club Atlético Boca Juniors
Fundação: 3 de abril de 1905, Buenos Aires (ARG)
Apelido: Xeneizes
Estádio: La Bombonera (capacidade para até 57.395 pessoas)
Títulos: 3 Mundiais de Clubes (1977, 2000 e 2003), 6 Copas Libertadores (1977,1978, 2000, 2001, 2003 e 2007) e 4 vezes vice, duas Sul-Americanas (2004 e 2005), quatro Recopas (1990, 2005, 2006 e 2008) e 30 Campeonatos Nacionais.

Fonte: lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes