Ralf valoriza Ponte Preta e lembra trauma de 2012 com derrota

Ralf valoriza Ponte Preta e lembra trauma de 2012 com derrota

Ralf valoriza Ponte Preta e lembra trauma de 2012 com derrota

Ralf valoriza Ponte Preta e lembra trauma de 2012 com derrota

DO UOL, em São Paulo

O Corinthians vai encarar a Ponte Preta nas quartas de final do Campeonato Paulista. O adversário foi valorizado por Ralf após a vitória corintiana por 2 a 0 contra o Atlético Sorocaba na tarde deste domingo no Pacaembu. O volante ainda lembrou da vitória do time campineiro na mesma fase da competição em 2012.

'É uma equipe muito boa. Com qualidade de sobra, e que sempre nos preocupa. É um adversário que já nos gerou trauma no ano passado e precisamos respeitar', disse Ralf à rádio Globo.

Em 2012, a Ponte Preta venceu o Corinthians por 3 a 2 em pleno Pacaembu. Na época, o time corintiano havia feito a melhor campanha da primeira fase.

'O importante é que chegou a fase de mata mata. Queriamos esse momento e nossa equipe é qualificada para isso', disse Ralf.

Com o triunfo sobre o Atlético Sorocaba, o Corinthians terminou a primeira fase da competição na quinta colocação, com 35 pontos. O adversário das quartas de final é a Ponte Preta (4º lugar, com 36 pontos). O duelo será em Campinas.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes