Orçamento não previa obras da Copa em SP, diz Haddad

Orçamento não previa obras da Copa em SP, diz Haddad

São Paulo - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), mencionou na manhã desta terça-feira os problemas orçamentários que teve no início da sua gestão por conta da falta de previsão de recursos para a realização das obras da Copa do Mundo na cidade.

"Digamos que eu tive um probleminha de R$ 600 milhões para resolver no começo da minha administração e tinha que ser rápido", disse, em evento organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), na capital paulista.

De acordo com Haddad, a prefeitura passou os primeiros meses da gestão do petista "tentando superar" a dificuldade de equacionar os custos das obras da Copa em São Paulo. O investimento feito pela prefeitura, afirmou, foi de R$ 600 milhões: R$ 420

milhões em incentivo fiscal para o estádio em Itaquera, R$ 130 milhões de investimento em desapropriação para obras do entorno e R$ 50 milhões para fazer a Fan Fest no Anhangabaú. "E nenhum centavo no orçamento", criticou, sem citar a gestão anterior, de Gilberto Kassab.

Ele lembrou que o impasse com as obras do estádio do Corinthians, na Zona Leste, só foi resolvido recentemente. "Hoje não vejo riscos de atrasos", comentou. Agora, depois de resolvidas estas questões, a cidade pode se preparar para outras questões como recepção dos turistas e capacitação profissional.

Fonte: Exame

Veja Mais:

  • Serginho nunca escondeu desejo de atuar no Corinthians

    Corinthians confirma time de vôlei profissional com Serginho

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de torneio de pré-temporada em 2018

    'Cansado' da Florida Cup, Corinthians cogita torneio de pré-temporada na Arena em 2018

    ver detalhes
  • Jô fez o gol do Corinthians contra o Vitória na Arena da Fonte Nova

    Vitória faz Corinthians subir para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Clayson é o novo reforço do Timão

    Clayson aparece no BID e pode estrear pelo Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes