Meia Danilo nega ser são-paulino: 'Daria a vida pelo Corinthians'

Meia Danilo nega ser são-paulino: 'Daria a vida pelo Corinthians'

16 mil visualizações 77 comentários Comunicar erro

Danilo tem sido decisivo para o Timão

Danilo tem sido decisivo para o Timão

O meia Danilo quase se complicou durante participação no programa "Agora é Tarde", exibido na quarta-feira, ao cair em uma pegadinha do apresentador Danilo Gentili e quase dizer que é são-paulino.

Em entrevista ao UOL Esporte, nesta quinta, o camisa 20 do Corinthians negou que seja torcedor de um dos maiores rivais da equipe alvinegra. Durante noite de autógrafos em uma loja Todo Poderoso, o meia deixou claro que, atualmente, é corintiano.

"Ali é um programa de humor, é brincadeira. Não tem nada a ver, não. Não sou são-paulino. Foi bom enquanto durou (a passagem pelo São Paulo), mas ficou para trás. Hoje dou a vida pelo Corinthians, existe muito profissionalismo, e você vai defender o time em que estiver da melhor maneira possível", declarou o meia.

Danilo chegou ao clube do Morumbi em 2004, saindo do Goiás. No São paulo, conquistou um título paulista, uma Libertadores e um Mundial, todos em 2005, e um Brasileirão, em 2006. Deixou a equipe para ir jogar no Kashima Antlers, do Japão, onde ficou até 2009 - no ano seguinte transferiu-se para o Corinthians.

O meia, nos tempos de São Paulo, era bastante criticado por seu modo de atuar. Porém, desde que voltou para o rival, Danilo ouve bastante pedidos de torcedores nas ruas para retornar ao clube. Ao programa da Band, ele descartou essa hipótese. "É complicado voltar", afirmou.

Sobre a 'pegadinha' em que caiu, ele negou até mesmo que torcesse para o São Paulo em sua infância, antes de se tornar um atleta profissional. Questionado sobre o assunto, esquivou-se.

"Era nada (são-paulino). Quando você é pequeno, torce para todo mundo (risos)", brincou o meia.

Aos 33 anos, o experiente jogador foi fundamental na conquista da Libertadores pelo Corinthians, no ano passado. Na semifinal contra o Santos, quando a equipe perdia por 1 a 0, foi dele o gol de empate, no começo do segundo tempo, que garantiu o alvinegro na decisão contra o Boca Juniors.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Sidcley foi ao CT Joaquim Grava nesta quinta-feira

    Lateral do Atlético-PR é aprovado em exames médicos no CT do Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf deve ser um dos inscritos ainda na primeira fase do Paulista

    Quatro reforços e duas vagas: Corinthians deixará dois nomes fora da primeira fase do Paulistão

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar a casa corinthiana no primeiro Dérbi de 2018

    Torcida do Corinthians garante quase 40 mil ingressos para Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Romão e Carlinhos foram emprestados pelo Corinthians

    Corinthians empresta Carlinhos e Guilherme Romão para o Oeste

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes