Em estreia como profissional de pôquer, Ronaldo receberá cartas de fã palmeirense

Em estreia como profissional de pôquer, Ronaldo receberá cartas de fã palmeirense

Nesta sexta-feira à tarde, Ronaldo fará sua estreia como jogador profissional de pôquer em um torneio realizado em São Paulo por uma empresa da modalidade que o patrocina. A “sorte” do Fenômeno estará nas mãos da palmeirense Michele Cristine, 31, que será a responsável pela distribuição das cartas na mesa de jogo do maior artilheiro da história das Copas do Mundo. “Adoraria que ele fosse jogador do Palmeiras, mas ele preferiu ir para o Corinthians, fazer o quê?”, brinca.

Difícil é saber quem estará mais apreensivo: o craque, agora iniciante em um ambiente desconhecido, ou a experiente dealer – nome dado à função de quem dá as cartas. Embora torça para o rival do Corinthians, equipe até hoje associada à Ronaldo, Michele afirma em entrevista ao UOL Esporte que irá se segurar para não tietar o ídolo.

“Vontade eu tenho, de tirar uma foto. É um ídolo, vou me segurar. Queria mesmo apertar a mão dele, seria minha vontade maior. Mas a gente tem que ser profissional, fazer ele se sentir como se não fosse a primeira vez. Se ficar em cima, vai ser estranho. Ele tem que se sentir em casa. Vai ser bem gratificante”, declara.

Há seis trabalhando como dealer, Michele já deu cartas para alguns dos maiores jogadores de pôquer do mundo, como o canadense Daniel Negreanu. Portanto, já está acostumada com pressão. Mas admite que agora a coisa será diferente. “Eu fico mais atenta porque vai ficar todo mundo em cima. 500 milhões de olhares em você. Mas eu já estou me preparando bem para encarar como um outro jogador qualquer”, explica.

Michele disse que evitou contar para os amigos que iria ficar cara a cara com Ronaldo, para que não chovessem pedidos de autógrafos. “Eu não vou pegar nem para mim”, justifica. Questionada se acha que dará sorte na estreia do Fenômeno, ela é enfática ao dizer que pôquer é um jogo de habilidade mental, como o xadrez, e que ele não precisará contar com o acaso para se sair bem.

“Sorte a gente tem que ter na vida, no amor, no dinheiro. Ele vai jogar com as cartas que receber, como todos os outros. Como ele vai jogar só depende dele”, diz. Por fim, ela dá um alerta aos companheiros de mesa do campeão mundial. “Se os outros jogadores aliviarem para ele, aí não pode, fica feio”, complementa.

Ronaldo irá disputar o LAPT São Paulo, que vai até o dia 30 de abril, em um hotel da capital paulista, onde irá encontrar fãs e participar de ações promocionais. O torneio faz parte de uma das etapas dos campeonatos que a empresa que o patrocina realiza na América Latina.

Fonte: uol

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes