Peruanos querem criar uma organizada e Timão estuda abrir uma loja e uma escolinha no Peru

Peruanos querem criar uma organizada e Timão estuda abrir uma loja e uma escolinha no Peru

Corinthians de olho no mercado peruano
Pode parecer esquisito, mas o Corinthians está investindo no Peru. Apesar da pouca tradição no cenário do futebol mundial, o país se tornou o principal mercado para o Timão depois do Brasil. E esse fenômeno começou no ano passado, assim que Guerrero foi contratado.

O Peru é, por exemplo, o segundo país com maior número de seguidores do Corinthians no Facebook e no Twitter. O índice de audiência dos vídeos alvinegros no YouTube também é excelente no Peru, ficando atrás apenas do território nacional.

O site do Corinthians é outra prova do fanatismo peruano. A quantidade de acessos a partir dos vizinhos é muito maior do que o de qualquer país europeu. E o clube tem registrado expressivo aumento nas vendas de produtos on-line.

Agora, o marketing alvinegro estuda alternativas para ficar ainda mais perto do Peru. A construção de uma loja e de uma escolinha de futebol estão sendo negociadas. E pode surgir em breve uma torcida uniformizada do Corinthians formada apenas por peruanos em Lima.

Fonte: diario de sp

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes