Corinthians reedita duelos de 2012 para se testar em 2013

Corinthians reedita duelos de 2012 para se testar em 2013

O Corinthians fez uma temporada quase perfeita no ano passado, com as conquistas da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes. A expectativa era de que o time entraria voando em 2013, com a base da equipe mantida e a chegada de Pato, Renato Augusto e Gil. Porém, o Timão se mostrou irregular neste ano, com um futebol apresentado abaixo do que fez em 2012. Agora, o clube vê pela frente dois adversários que enfrentou na temporada passada, contra os quais teve desempenhos distintos: Ponte Preta e Boca Juniors. Os dois confrontos serão no formato mata-mata. Contra o time campineiro, pelo Campeonato Paulista, o duelo se decide em apenas um jogo, na casa do adversário. Diante dos argentinos, são duas partidas válidas pela Libertadores, com a decisão no Pacaembu.

Uma revanche contra a Ponte

Uma eliminação no Campeonato Paulista não seria um desastre para o Corinthians, visto que a equipe, naturalmente, está mais focada na competição continental. Porém, haverá mais em campo do que apenas a classificação para a semifinal.

Na edição passada do Paulistão, o Corinthians fez uma fase de classificação impecável, terminando em primeiro lugar. A Ponte, por outro lado, ficou nada menos que 18 pontos abaixo do Timão. Entretanto, nas mesmas quartas-de-final, os campineiros venceram por 3 a 2 dentro do Pacaembu e eliminaram o clube da capital. A derrota, na época, deixou o clube bastante pressionado.

"Estamos engasgados com a Ponte desde o ano passado. Temos de fazer um bom jogo", afirmou o volante Ralf. "Aquela derrota serviu de lição", disse Paulinho. "Mas agora é outro jogo, vamos jogar em Campinas e podemos sim sair de lá com a classificação", completou.

O jogo ainda traz uma pressão especial para um setor corintiano. Embaixo das traves, o substituto de Cássio terá de conviver com a lembrança das falhas de Júlio César em 2012, que custaram a classificação na ocasião. Na partida de domingo, o goleiro escalado será Danilo Fernandes, que joga seu primeiro mata-mata pelo clube.

A reedição da grande final

No fim de junho do ano passado, o todo poderoso Boca Juniors, hexacampeão da Libertadores, aguardava a final diante do Corinthians, de histórico breve em competições internacionais. Nenhum torcedor argentino temia a força do Timão. Hoje, a situação é oposta.

Enquanto a Fiel está com a confiança em alta, torcedores do Boca Juniors se mostraram apreensivos para o reencontro com o Corinthians. Existe, também, entre os argentinos, vontade de vingança contra o alvinegro.

Nesta sexta-feira, o atleta Somoza, do Boca, deu uma ‘cutucada’ no Timão: “Já vi muitas equipes brilhando na fase de grupos e, logo nas oitavas, cair...”. Os brasileiros, porém, procuraram manter o respeito ao time argentino, mesmo que a fase deles não seja das melhores.

Uma eliminação relativamente precoce na Libertadores pode desencadear uma crise, rara nos últimos tempos do clube. Por isso, o jogo também terá o Corinthians pressionado, que ainda precisa fazer melhores partidas no ano.

Fonte: Yahoo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Davi

    Ranking: 775º

    Davi 710 comentários

    2º. por @dmorgado

    O Guerreiro ficou muito gay nessa foto. Kkkkkkkkkkkkkk

  • Foto do perfil de Pedro

    Ranking: 1863º

    Pedro 314 comentários

    1º. por @pedrohernandez

    O ano passado só perdeu pra Ponte por um motivo isolado, que nem vou mencionar aqui. Foi um acidente, mas que foi decisivo para ganhar a Libertadores. Esperamos que esse ano seja diferente, que ganhemos da Ponte, que é o natural e que ganhemos a Libertadores com maior tranquilidade esse ano, pois o time está jogando mais leve, sem o peso da responsa do ano passado, devido a tantos traumas que tínhamos com essa competição. Eu sempre dizia, depois que o Timão ganhar uma Libertadores, vai ganhar várias igual foi com o campeonato brasileiro. Escrevam.