Ponte Preta x Corinthians - Para sonhar, o jeito é 'conquistar o Mundo'!

Ponte Preta x Corinthians - Para sonhar, o jeito é 'conquistar o Mundo'!

Romarinho treinou entre os titulares do Corinthians

Romarinho treinou entre os titulares do Corinthians

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

Será a segunda vez consecutiva que a Macaca encara o Timão, de Tite, nas quartas do Paulistão. Em 2012, o time campineiro surpreendeu a derrubar o favoritíssimo clube paulistano, por 3 a 2, em pleno Pacaembu. O fato do adversário estar ainda mais forte que no ano passado não faz o elenco pontepretano perder a confiança.

Ainda sem empolgar no ano, o Corinthians chega para este jogo vacinado. Afinal, a derrota da última temporada não era esperada, mas deu ainda mais força para o clube conquistar mais tarde Libertadores. Apesar de reforços como Renato Augusto e Pato, o Timão terminou apenas na quarta posição, com 35 pontos, com tirou a vantagem de decidir em casa.

Quem é o freguês?
Além de chegar motivada pela campanha com apenas uma derrota, a Ponte também aposta no retrospecto recente contra o Corinthians. Nos últimos sete confrontos, foram nada menos que cinco vitórias pontepretanas, um empate e apenas uma vitória corintiana. Neste ano, na primeira fase, os campineiros venceram os reservas do Timão, por 1 a 0.

Em compensação, quando entra em jogo o histórico geral deste tradicional duelo, a vantagem do clube paulistano é esmagadora. Até hoje, foram 130 partidas entre ambos, com 74 vitórias corintianas, 31 empates e 25 vitórias pontepretanas. São 240 gols do Timão e 131 da Ponte.

Casa cheia
A expectativa é de que a Ponte também bata seu recorde de público no ano. Até agora, o maior público no Majestoso aconteceu na vitória sobre o Santos, por 3 a 1, na oitava rodada. Naquela oportunidade, 11.747 torcedores pagaram para ver a bela vitória do time da casa.

Desta vez, a Polícia Militar liberou um total de 16,9 lugares no estádio, sendo que 2,2 mil ingressos foram vendidos aos corintianos em São Paulo. Dos cerca de 8 mil ingressos colocados à venda para a torcida da Macaca, restaram apenas 300 para serem vendidos neste domingo, até às 12 horas. O restante será preenchido pelos cerca de 7 mil sócio-torcedores com mensalidades em dia.

É decisão
A comissão técnica da Ponte encarou a partida como uma final de campeonato. Todos os treinos da semana foram realizados com portões fechados. Além de esconder a escalação, Guto Ferreira também quis manter sob sigilo algumas jogadas ensaiadas e surpresas táticas no time.

Mesmo assim, a Macaca não deve ter grandes novidades para a decisão. Apesar de tentar esconder a escalação, o substituto do meia Ramirez deve mesmo ser o atacante Rildo, que começou o treino entre os titulares, na tarde desta sexta-feira.

Até então a principal dúvida era sobre o companheiro de ataque do artilheiro William Batoré, que já anotou 11 gols na competição. Em evolução nas últimas semanas, o ex-corintiano Éverton Santos era o principal concorrente de Rildo.

Independente se vai haver surpresa ou não, uma coisa já é praticamente certa: Chiquinho terá a missão de assumir a lacuna deixada por Ramirez. O jogador, que costuma jogar mais adiantado pela esquerda, terá a missão de ajudar na armação.

Em relação ao time que empatou sem gols com o Bragantino, o técnico Guto Ferreira terá muitas mudanças. O lateral-direito Artur, o volante Bruno Silva, o meia Cicinho e o atacante Chiquinho retornam de suspensão. Com isso, Tiago Cametá, o meia Geovane e Diego Rosa voltam para o banco.

'Nesses momentos procuro ficar longe da televisão e internet para não ficar caindo na pilha do jogo e em provocações. Meu pensamento está nos treinamentos para chegar no dia do jogo e buscar o nosso objetivo dentro de campo', disse o capitão Cléber. 'Estamos querendo fazer o que ninguém conseguiu em 113 anos', completou.

Pagou o pato!
Tite confirmou a escalação do Corinthians, com uma mudança no ataque. O treinador vai começar a partida com Romarinho entre os titulares e Alexandre Pato no banco de reservas. Romarinho vai reforçar o ataque, que contará também com Emerson e Guerrero.

O peruano está confirmado na equipe titular apesar da febre que o tirou do treino nesta sexta. A princípio, o atacante não preocupa para o duelo do fim de semana.

No gol, Danilo Fernandes ganhou a disputa com Julio Cesar e será o titular. Cássio, ainda em recuperação, só deve voltar ao time no meio da próxima semana, no confronto com o Boca Juniors, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Nesta sexta, Tite reiterou que o objetivo do Corinthians é a competição sul-americana. Mas avisou que o time não vai reduzir o ritmo no Estadual. 'A prioridade é a Libertadores, mas dá para jogar em alto nível domingo e quarta-feira porque há tempo hábil para os jogadores se recuperarem', avisou.

O treinador rejeitou qualquer clima de revanche no duelo com a Ponte, em razão da derrota para o rival de mata do Paulistão de 2012. 'A histórico dos jogos é passado. É um outro momento, uma outra equipe', finalizou.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes