Após vitória, Ralf do Timão vê Boca engasgado: 'assusta um pouco'

Após vitória, Ralf do Timão vê Boca engasgado: 'assusta um pouco'

Se depender de Ralf e Alessandro, o Corinthians não terá tempo para comemorar a vitória por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, neste domingo, que classificou o alvinegro para as semifinais do Paulistão Chevrolet. O Timão encara o Boca Juniors (ARG) na quarta-feira, em Buenos Aires, pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores. O volante espera que os argentinos venham engasgados pela derrota nas finais da competição em 2012:

- Assusta um pouco, enfrentar equipe argentina. Eles dão a vida, mas vamos fazer bons treinamentos para estar bem. Sabemos que a equipe do Boca é qualificada, como perderam a final vão vir engasgados - afirmou.

O clube argentino atravessa uma má fase, sem vencer há dez jogos. Para o capitão Alessandro, isso não diminui o perigo do jogo:

- Está todo mundo dizendo que o Boca não é mais o mesmo, eu sou contra isso. Eles querem mudar uma situação totalmente negativa, a gente não pode deixar isso acontecer, de jeito nenhum - avisou.

Para a partida de quarta-feira, às 21h50 em La Bombonera, o Timão contará com as estrelas de Romarinho e Emerson, que brilharam neste domingo, e na última temporada foram os protagonistas do título da Libertadores, diante do mesmo Boca.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes