Fora dos gramados, rixas entre Corinthians e São Paulo é coisa do passado

Fora dos gramados, rixas entre Corinthians e São Paulo é coisa do passado

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians de 2007 a 2011

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians de 2007 a 2011

Foto: Bruno de Lima

A rixa entre São Paulo e Corinthians fora dos gramados, que se intensificou com as ofensas públicas de Juvenal Juvêncio e Andrés Sanchez, é coisa do passado. Pelo menos fora dos campos, os dois clubes têm se tratado como coirmãos.

A mudança drástica está diretamente ligada à eleição de Mario Gobbi para a presidência do Corinthians. O delegado de polícia é amigo de longa data do vice-presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

Ontem, por exemplo, a cúpula corintiana teve tratamento especial em pleno Morumbi, com direito à recepção no estacionamento, camarote com vista privilegiada para o campo e serviço de bufê completo.

A boa relação entre Tricolor e Timão é tamanha que vai permitir à Federação Paulista, hoje, sugerir o Morumbi como palco das duas finais do estadual, contra o Santos. Algo que seria encarado como afronta nos tempos em que o Corinthians era presidido por Andrés. Porém, apesar de toda a diplomacia, Gobbi não vai aceitar.

Meio tempo
A maioria dos corintianos só entrou no Morumbi com 25 minutos de jogo. Motivo: a PM segurou os ônibus das organizadas em um bairro vizinho ao estádio até o momento em que a bola começou a rolar.

Apressadinhos
São-paulinos e corintianos já estavam prontos para o clássico às 15h58, mas tiveram de esperar pelo aval da TV, às 16h em ponto, para jogar.

Nova vítima
Um surto de gripe se instalou no CT corintiano há duas semanas e já atacou vários jogadores e funcionários. Quem está mais resfriado, no momento, é Zizao.

Casagrande na área
Em 1 lugar na lista dos livros mais vendidos no ranking de não ficção do PublishNews, “Casagrande e seus Demônios” terá outra noite de autógrafos amanhã, na Saraiva do Shopping Center Norte, às 19h.

Fonte: diario de sp

Veja Mais:

  • Guilherme diz ser meia-atacante; posição como meia-central do 4-1-4-1 não agrada

    Guilherme abre o jogo, se vê prejudicado por esquema e pede sequência no Corinthians

    ver detalhes
  • Love marcou 14 gols no Brasileirão 2015, abaixo apenas de Ricardo Oliveira, artilheiro

    Na Turquia, ex-Corinthians supera Eto'o e briga pela artilharia do campeonato

    ver detalhes
  • Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    ver detalhes
  • Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    VÍDEO: Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes