Corinthians tem a marca mais valiosa do Brasil pelo 4º ano seguido

Corinthians tem a marca mais valiosa do Brasil pelo 4º ano seguido

3.4 mil visualizações 14 comentários Comunicar erro

Mundial da FIFA valorizou ainda mais o Corinthians

Mundial da FIFA valorizou ainda mais o Corinthians

Foto: Alan Morici / Ag. O Dia

O Corinthians tem a marca mais valiosa do futebol brasileiro pelo quarto ano consecutivo com um valor de mais de R$ 1,1 bilhão. O segundo é o Flamengo, com R$ 855 milhões, e o terceiro é o São Paulo, com R$ 848 milhões. Esses são os principais resultados de um estudo da consultoria BDO, que avaliou as 23 marcas de clubes de futebol mais valiosas do Brasil.

Embora esteja distante dos valores dos gigantes europeus como o Manchester United, cuja marca vale cerca de R$ 4,4 bilhões, de acordo com a Forbes, o tetracampeonato corintiano deve sim ser motivo de orgulho para os torcedores. "É importante ter uma marca forte para o clube conseguir maiores receitas com as cotas de TV, conquistar mais torcedores e, com isso, aumentar a bilheteria, enfim, ser mais forte financeiramente", avaliou Pedro Daniel, gerente da Divisão de Esportes da BDO.

A metodologia para a avaliação das marcas utiliza dados financeiros, pesquisas com o torcedor, informações de marketing, além de dados econômicos e sociais dos brasileiros, mas não foram considerados os recursos com transferências de atletas. Pelo estudo, uma variável sozinha não define a marca dos clubes. Além da força da torcida (tamanho, faixa etária e hábitos de consumo), o valor considera as receitas (cotas de TV e patrocínios das camisas, por exemplo) e as características dos mercados locais. No caso do Corinthians, metade da força de sua marca vem da torcida; para o Flamengo, o porcentual sobre para 57%.

Não foram apenas os títulos da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa que mantiveram o Corinthians no topo. Desde a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2007, o clube conseguiu interagir de maneira única com os torcedores/consumidores com campanhas que aproximaram a torcida do clube, como a campanha "Nunca vou te abandonar" e a camisa com as fotos dos torcedores no primeiro jogo do retorno do time à elite. O segredo para ter uma marca forte, portanto, é o relacionamento com a torcida. Mais que quantidade, vale a qualidade.

Por essas razões, o Corinthians tem uma marca mais valiosa que a do Flamengo, dono da maior torcida do Brasil. Entre 2009 e 2013, o valor da marca corintiana evoluiu R$ 546 milhões. O Flamengo, que foi líder em 2009, teve um crescimento de apenas 8%, deixando o São Paulo se aproximar na briga pela vice-liderança. "Os clubes de futebol têm consumidores fidelizados, o que é o sonho de qualquer empresa. Após a fidelização, próximo é a interação", disse Pedro.

Por outro lado, o Palmeiras sofre atualmente com três aspectos que dificultam essa interação. O primeiro deles é a reforma do estádio (a nova arena deve ser entregue no ano que vem); o segundo é a ausência de grandes ídolos nos últimos anos e, por fim, o fato de os títulos também terem rareado. Por isso, o time alviverde conservou sua posição com um baixo crescimento em relação a 2009, o primeiro ano do levantamento.

A importância de um ídolo é facilmente identificável na curva ascendente do Santos, diretamente beneficiado pelos gols e dribles de Neymar.

Fonte: Midiamax.com

Veja Mais:

  • Timão levou gol bizarro em Campinas e só empatou com Red Bull

    Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

    ver detalhes
  • Renê Júnior (à dir.) fez sua estreia como titular e deixou boa impressão

    'Salva' de tropeço, dupla corinthiana empata na escolha do craque da partida

    ver detalhes
  • Atuação de Romão em derrota para Ponte Preta preocupou comissão técnica

    Após contratar Juninho, Corinthians busca novo lateral-esquerdo no mercado; Carille explica

    ver detalhes
  • Autora da obra, Katia Bagnarelli é viúva do eterno Doutor

    História de Sócrates é celebrada em lançamento de autobiografia nesta segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes