Mario Gobbi se explica para a torcida e critica a imprensa pela ironia

Dirigente corintiano se pronunciou sobre suas declarações LANCEPRESS! O diretor de futebol do Corinthians, Mário Gobbi, se pronunciou nesta quinta-feira sobre suas recentes declarações...

Depois de uma carta em que torcedores do Corinthians pediram para que o diretor de futebol do Corinthians renunciasse seu cargo, Mário Gobbi, se pronunciou nesta quinta-feira sobre suas recentes declarações criticando o comportamento da torcida em relação à venda dos jogadores corintianos.

Mário Gobbi afirmou manipulação da imprensa a partir do que falou no final da partida entre Corinthians e Vitória, onde a torcida fez protestos contra a venda de Cristian e André Santos (Douglas ainda não tinha saído).

- As palavras são ditas desenvolvendo um raciocínio lógico. O meio de comunicação pinçou algumas partes na edição e não mostrou o que quis dizer. Digo ao torcedor do Corinthians que antes de palavras, confie em atitudes - afirmou.

Mário Gobbi ainda tentou tranquilizar o torcedor corintiano. Apesar da saída de jogadores fundamentais no esquema de jogo do time, Gobbi afirma que a diretoria esta trabalhando para reforçar a equipe.

- Estamos trabalhando para trazer reforços, vamos repor peças mas isso não se faz afoitamente. Tivemos êxito até agora e a metodologia será mantida - completou Gobbi.

Veja a carta que os torcedores escreveram a ele:

O Corinthians é a maior instituição popular do País, patrimônio intangível de milhões de brasileiros.
Nosso alvinegro é história, paixão, tradição, um conjunto de valores que nos marca desde 1.910.
O clube de Parque São Jorge é, sobretudo, sua torcida e o amor que mora dentro desses corações vivos e fiéis.
É certo que qualquer diretor do clube precisa ter esse conhecimento elementar do DNA corinthiano.
Como imaginar um CEO que não conheça os valores e princípios da empresa que dirige?
E como considerar um executivo que não identifique e respeite o público consumidor de seus produtos e serviços?
Infelizmente, o senhor nos deu mostras inequívocas de que ignora a grandeza do Corinthians e também seu propósito.
O Sr. acredita que a finalidade do futebol é o tal "business", é fazer dinheiro para a máquina viciada do futebol.
Nós achamos que o "business" é apenas MEIO para se atingir o propósito fundamental de um clube de futebol: gerar alegria e satisfação para a torcida.
O Sr. desrespeitou todos nós corinthianos, especialmente os irmãos que gastam seus salários para acompanhar o Timão nas arquibancadas, faça chuva ou faça sol.
Considera-nos "medíocres", "ignorantes" e "incultos". E nem cora as bochechas ao lançar esses impropérios em público.
Será que esse é o jeito civilizado e adulto de gerir uma instituição como o Corinthians?
O Sr. mesmo sabe que não é.
O Sr. tem defendido os aumentos escandalosos nos ingressos, a venda não planejada de mandos de campo e o processo de descaracterização do futebol, o que só privilegia os vampiros que exploram nossa paixão.
Portanto, apelando a seu bom senso, solicitamos seu desligamento voluntário e imediato do cargo que exerce no SCCP.
Será certamente um ato de grandeza de vossa parte, e lhe seremos eternamente gratos.

Saudações corinthianas,

Assinado: Movimento Resistência 777

Mario Gobbi se explica para a torcida e critica a imprensa pela ironia Mario Gobbi se explica para a torcida e critica a imprensa pela ironia 0

Veja Mais:

  • Romero comemora gol e fim da zica na Arena Corinthians

    Corinthians vence Cruzeiro e leva vantagem para Minas Gerais

    ver detalhes
  • Mano Menezes reclamou de arbitragem após derrota para o Timão

    Mano Menezes reclama de arbitragem na Arena e repete 'mimimi' de Levir

    ver detalhes
  • Carille não agradou maioria dos leitores do Meu Timão

    Mesmo vencendo, Carille recebe segunda pior nota na partida

    ver detalhes
  • Mauri sugere preferência por Walter e afirma: 'titular em qualquer lugar'

    Mauri aponta decisão de Carille, mas declara apoio a Walter: 'titular em qualquer lugar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes