Advogado tenta "Mandado de Segurança" para impedir arbitragem de Ceretta na final do Paulistão

Advogado tenta "Mandado de Segurança" para impedir arbitragem de Ceretta na final do Paulistão

Advogado tenta "Mandado de Segurança" para impedir arbitragem de Ceretta na final do Pauli

Advogado tenta "Mandado de Segurança" para impedir arbitragem de Ceretta na final do Pauli

O árbitro Guilherme Ceretta está impedido de apitar o segundo jogo da final do Campeonato Paulista de futebol entre Santos x Corinthians, no próximo domingo, (19.05.2013), se a Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol cumprir o regulamento da competição, segundo o advogado Nagib Miguel Neto.

Miguel Neto, da comarca de Ituverava- SP,  atento ao regulamento da competição está tentando entrar com um 'Mandado de Segunça' que pode impedir a realização do jogo ou cancelamento posterior do mesmo.

Segundo Neto, o inciso 3.1.3, dos critérios para sorteios dos árbitros que está no site da F.P.F, nenhum árbitro está apto a apitar uma partida futebol com um intervalo menor de três jogos.

Ceretta, apitou o clássico pelas quartas-de-finais entre Santos e Palmeiras, em 27 de abril de 2013, portanto a finalissima, entre Peixe e Timão, seria o segundo jogo do intervalo de três jogos.

Consultado, o Coronel Marinho, disse que Ceretta faz parte da 'categoria especial' (veja acima o item 3.1.4).

Nagib contesta e diz que o inciso 3.1.4, não cancela o 3.1.3.

Veja abaixo o regulamento:

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes