Novo título de Alessandro faz lateral se aproximar de Marcelinho Carioca

Novo título de Alessandro faz lateral se aproximar de Marcelinho Carioca

7.0 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

A conquista do Campeonato Paulista, contra o Santos, para o lateral-direito Alessandro, o aproxima de ídolos do passado alvinegro. Agora ele soma sete, e está apenas atrás do lateral-esquerdo Kléber, que tem oito e do jogador mais vencedor do Corinthians até hoje, Marcelinho Carioca, com dez títulos.

"Ainda temos muitos títulos para disputar (em 2013), mas não tenho essa ambição (ser o maior campeão). Divido a capitania do time com os companheiros ao longo da competição, e se sou o privilegiado de, nesse momento, levantar os títulos, continuo dividindo isso com todos. Não vou ficar buscando isso, mas sim ajudar a equipe, independente do que acontecer", afirmou Alessandro.

Desde 2008 no clube, o lateral-direito conquistou dois Paulistas (2009 e 2013), a Série B (2008), a Série A do Brasileiro (2011), Libertadores (2012) e o Mundial de Clubes (2012). Já o 'Pé de Anjo', Marcelinho Carioca venceu uma Copa do Brasil (1995), quatro Paulistas (1995, 1997, 1999, 2001) e dois Brasileiros (1998 e 1999), além da Copa Bandeirante (1994) e o Troféu Ramón de Carranza (1995).

Fonte: Futnet

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes